WEC

McLaren autoriza Alonso a competir na WEC

fernando-alonso-daytona-24-hours_4200799

Por Pedro Veloso Planeta Velocidade / Imagem Divulgação

A McLaren anunciou que, depois de chegar a um acordo com a Toyota, o espanhol disputará “várias corridas” da WEC, incluindo o histórico evento de Le Mans.

O espanhol tem falado publicamente há meses sobre seu desejo de participar da prova de longa duração mais famosa do mundo, já que segue em busca da chamada “tríplice coroa” do automobilismo que também inclui o GP de Mônaco de F1, corrida que já venceu, e as 500 Milhas de Indianápolis.

Para isso, Alonso conciliará sua participação pela McLaren na F1 em 2018 com algumas rodadas selecionadas do WEC.

“Meu acordo para correr no WEC só foi possível graças à boa compreensão e forte relação que tenho com a McLaren, e estou muito feliz que eles me ouviram e entenderam o que isso significa para mim. Nunca neguei minha meta de vencer a tríplice coroa. Tentamos no ano passado [em Indianápolis], estive perto, mas não consegui. Neste ano, tenho a chance graças à McLaren de correr para vencer em Le Mans. Será um grande desafio, muita coisa pode dar errado, mas estou pronto, preparado e ansioso para a luta”, disse Alonso.

Fernando Alonso foi capaz de testar o LMP1, TS050 Hybrid, no Rookie Tests no Bahrain em novembro passado, e pilotou em seu primeiro evento de 24 horas no último fim de semana em Daytona. com o Ligier JS P217 LM P2 de United Autosports, finalizando a prova em 38º lugar, depois de sofrer com os problemas dos freios.

O diretor executivo da McLaren Technology Group, obviamente, apoia seu piloto “Não é segredo que Fernando sempre quis correr nas 24 Horas de Le Mans”, disse Zak Brown. “E eu acho que toda a nossa empresa aprecia que um piloto de classe mundial motivado, com fome e feliz como Fernando é, um grande ativo para qualquer equipe na F1”.

No ano passado, tomamos a decisão de correr com Fernando na Indy 500 em vez de no Grande Prêmio de Mônaco. Mas sempre dissemos que consideramos cada oportunidade caso a caso, e nós dois sabemos que, em 2018, nossa principal prioridade é o sucesso na Fórmula 1.

Após uma avaliação adequada, estamos confiantes de que esta campanha está alcançando esse objetivo, e que os melhores interesses da McLaren prevalecem.”

Alonso vai dirigir o HYBRID TS050 #8 de 1000cv com o qual a Toyota competiu (e ganhou cinco corridas) em 2017, e compartilhará o lineup no carro do número 8 com Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima.

O outro inscrito da Toyota, o #7, terá Mike Conway, Kamui Kobayashi e José Maria Lopez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *