Stock Car

Com Átila Abreu, Shell V-Power conquista sua primeira vitória na temporada 2018 da Stock Car

Stock Car: Em Santa Cruz do Sul, sorocabano vence pela 11ª vez na categoria com ultrapassagem usando Fan Push; Ricardo Zonta pontua na primeira prova

A Shell V-Power conquistou neste domingo sua primeira vitória na temporada 2018 da Stock Car, em Santa Cruz do Sul. Depois do drive through que tirou a vitória de Átila Abreu em Londrina, o sorocabano voltou a mostrar ótimo desempenho e venceu a segunda prova deste domingo, quebrando um jejum dele e da equipe desde a segunda prova de Goiânia em 2017.

Com a vitória e o quinto lugar na bateria inicial, Átila, que ganhou de novo o prêmio do Fan Push e o usou para assumir a ponta na segunda prova, subiu três posições na classificação geral e agora é o décimo. Ele está um posto à frente de Ricardo Zonta, que, prejudicado por um contato na primeira corrida e um acidente do qual teve de desviar na segunda prova, obteve um 14º e um 13º lugares.

Depois do adiamento do treino classificatório para a manhã de domingo por causa da forte chuva de sábado, a dupla da Shell V-Power conseguiu uma boa performance no quali, e Átila avançou até o Q3, ficando com o quinto tempo no grid, enquanto Zonta foi o sétimo.

Após uma largada limpa, o sorocabano manteve a quinta posição, seguido pelo companheiro de equipe. No entanto, logo no começo da segunda volta, Zonta foi tocado por Thiago Camilo e rodou, caindo para o fim do pelotão.

Com um ritmo consistente e poupando os disparos do botão de ultrapassagem, Átila manteve a quinta colocação durante a primeira parte da prova, inclusive dando um troco espetacular quando foi atacado por Camilo no fim da reta dos boxes.

Utilizando a mesma tática de outras corridas, Átila estendeu o primeiro stint e parou para a troca de pneus e reabastecimento duas voltas depois dos concorrentes no top 5. O sorocabano manteve a quinta posição após a janela de pit stops. Já Zonta, que vinha se recuperando, teve problemas no pit stop com o pneu dianteiro direito e caiu para 20º.

Faltando oito minutos para o fim da prova, o safety car entrou na pista após um acidente triplo. A relargada foi dada a dois minutos do encerramento, e Átila ainda chegou perto do quarto lugar, mas acabou mesmo em quinto, enquanto Zonta avançou até completar em 14º.

Na segunda bateria, Átila pulou de sexto para quinto na largada, enquanto Zonta foi atrapalhado por um acidente e teve de sair da pista, caindo para 20º. Depois de entrada do carro de segurança, a dupla manteve suas posições.

Na quinta volta, Átila chegou a perder momentaneamente o quinto lugar mas o retomou imediatamente, enquanto Zonta já voltou ao top 15 antes dos dez minutos de prova. Nessa altura, começou a chover de leve, o que deixou pilotos e equipes com a pulga atrás da orelha.

Mas a chuva ficou na ameaça e, faltando 20 minutos para o fim, começou a janela de pit stops. Átila voltou a deixar sua parada para depois dos rivais, e a tática deu certo. O sorocabano ganhou três posições com uma excelente operação da Shell V-Power, voltando à pista em segundo lugar.

Com excelente rendimento do carro #51, Átila começou a usar a poupança de botões de ultrapassagens e partiu para cima de Thiago Camilo. O sorocabano assumiu a liderança a sete minutos do fim, com o uso do botão extra do Fan Push.

Nas voltas finais, Átila controlou sua vantagem para os adversários para confirmar a vitória, enquanto Zonta ficou com a 13ª colocação, a uma da zona de pontuação. O campeonato da Stock Car terá uma pausa e voltará com a Corrida do Milhão, no dia 5 de agosto.

 

O que eles disseram:

“Tínhamos um bom carro no fim de semana, mas infelizmente fui tocado no começo das duas corridas e isso dificultou o nosso dia aqui em Santa Cruz. Pelo menos, o ritmo estava bom e esperamos que continue assim na sequência do campeonato”

Ricardo Zonta, piloto do carro #10


“Queria agradecer muito à equipe. Em Londrina estivemos muito perto de ganhar, a equipe sempre busca milésimos de segundo e acabamos punidos no pit stop nessa tentativa. Hoje funcionou tudo perfeitamente aqui e agradeço a todos os mecânicos e engenheiros da Shell V-Power por essa performance que tivemos aqui. Agradeço também a todos os fãs que votaram em mim, porque a ultrapassagem para assumir a liderança foi com o Fan Push. Dei um push no miolo para aproximar e com o Fan Push fiz a ultrapassagem decisiva. Dedico a todo o meu time e quem votou em mim. Na primeira corrida terminei em quinto usando apenas três pushes, ou seja, tinha 13 para a segunda prova, mais o Fan Push. Que seja a primeira de muitas vitórias, é bom vencer essa corrida antes da pausa. Temos dois meses e meio até a Corrida do Milhão, mas nas duas últimas etapas brigamos pela vitória. Agora é comemorar!”

Átila Abreu, piloto do carro #51

“Ficamos felizes em finalmente concretizar a performance em resultado. Batemos na trave por N problemas nas quatro primeiras etapas, principalmente em Londrina, onde estávamos numa situação praticamente igual e tomamos aquela punição. O pit ajudou muito, a equipe treinou demais. Chegamos a ter três mecânicos machucados por excesso de carga de treinamento para pit stop. As duas com o Átila foram vantajosas, mas uma com o Zonta teve uma roda presa, provavelmente por alguma sujeira. É bom entrar nesse recesso assim, estou muito feliz ”

Thiago Meneghel, chefe da Shell V-Power

 

Resultado da primeira corrida:

1º M.Gomes – 41m34s314
2º D.Serra – a 0s431
3º M.Wilson – a 3s225
4º J.Campos – a 4s634
5º Á.Abreu – a 4s935

 

Resultado da segunda corrida:

1º Á.Abreu – 42m11s815
2º T.Camilo – a 1s486
3º F.Fraga – a 2s761
4º M.Gomes – 2s934
5º D.Serra – a 7s220

 

Classificação do campeonato:

1º D. Serra – 152 pontos
2º M.Gomes – 109
3º F.Fraga – 91
4º M.Wilson – 90
5º J.Campos – 89
6º C.Bueno – 80
7º R.Barrichello – 80
8º L.di Grassi – 68
9º T.Camilo – 66
10º Á.Abreu – 65
11º R.Zonta – 52

Por Luis Ferrari / Fotos José Mário Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *