Fórmula Indy

Indy: Will Power vence a edição 102 da Indy500

Indy: No ultimo domingo(27/05) foi disputada as 500 Milhas de Indianápolis, Will Power venceu, Hélio Castroneves e Tonny Kanaan bateram, Danica Patrick se despede das pistas, Matheus Leist faz uma grande corrida, Takuma Sato acerta James Davison e 6 carros bateram no muro sempre saindo de traseira.

May 27, 2018, Indianapolis, Indiana USA
©2018, Porterimage USA

500 Milhas de Indianápolis é a corrida mais aguardada do ano para quem gosta de automobilismo e não poderia ser diferente em sua 102ª edição. Não foi apenas uma corrida, e sim um espetáculo que o Americano sabe fazer. Pilotos convidados, shows, aviões da Força Aérea, entre outras atrações.

Enfim, vamos à corrida!

O Will Power venceu pela primeira vez as 500 milhas, sua segunda vitória na temporada 2018 e foi a 17ª vitória da recordista Penske!

O Australiano que largou na terceira posição, vinha se mantendo entre os líderes, na terceira janela de pit stops os mecânicos da Penske trabalharam rápido e conseguiram devolver Power á pista assumindo a primeira posição.

Daí em diante o piloto da Penske dominou a corrida, perdendo a liderança na última bandeira amarela da prova, onde os pilotos Stefan Wilson (Andretti) e Jack Harvey (Michael Shank) que adotaram uma estratégia diferente e não entraram nos pits. Na  197ª volta ambos tiveram que fazer suas paradas e Power assumiu a ponta e venceu a corrida.

A segunda posição ficou com Ed Carpenter que largou na pole, seguido de Scott Dixon em terceiro, Alexander Rossi que fez uma grande corrida chegou na quarta posição e Ryan Hunter-Reay na quinta posição fechando o top 5 .

Hélio Castroneves (Penske) fez uma boa corrida, se mantendo sempre entre os oito primeiros, na volta de número 147 vindo na quarta posição, acabou rodando e batendo na entrada dos pit, destruindo a traseira do seu carro. Helinho ao descer do carro, um pouco irritado claro, foi aplaudido pelo público.

Tony Kanaan (AJ Foyt) vinha fazendo uma ótima corrida, chegou a assumir a ponta, mas na sua terceira parada um pneu furado fez com que o brasileiro retornasse ao pit voltando na  vigésima primeira posição. O piloto da AJ Foyt vinha fazendo boa prova de recuperação, quando acabou rodou e bateu no muro.

Matheus Leist (AJ Foyt) fez uma ótima prova,  foi o estreante mais rápido de todos os treinos da Indy, passou por todas as bandeiras amarelas sem se envolver nos acidentes e chegou na décima terceira posição.

Danica Patrick, que foi convidada pela categoria fez sua última corrida. A piloto da Carpenter perdeu várias posições na largada e vinha fazendo um boa prova de recuperação, acabou rodando e bateu no muro, ao descer do carro Danica foi muito aplaudida.

Dentre todos os acidentes que tivemos na prova o único que envolveu o choque entre dois carros foi entre Takuma Sato (Rahal Letterman Lanigan) e James Davison (AJ Foyt), o piloto da Rahal acertou o carro da Foyt que vinha lento pela pista com problemas mecânicos.

Vimos nesta corrida que esse novo pacote aerodinâmico deixou o carro mais arisco, todos os acidentes que ocorreram com a perda da parte traseira, acidentes que tiraram da prova os seguintes pilotos: Ed Jones (Ganassi), Danica Patrick (Ed Carpenter Racing), Sebastien Bourdais (Dale Coyne), Sage Karam (Dreyer & Reinbold), Hélio Castro Neves (Penske) e Tony Kanaan (AJ Foyt).

E assim foi mais uma “500 Milhas de Indianápolis”!

Próxima etapa da Indy será disputada em Detroit, serão 2 corridas, a primeira no sábado (02/06)  e a segunda no domingo(03/06).

Nos vemos em Detroit!

Classificação da prova:
Pos. Piloto Equipe Voltas Dif.
1 Will Power Team Penske 200 2h59m42.6365s
2 Ed Carpenter Ed Carpenter Racing 200 3.1589s
3 Scott Dixon Chip Ganassi Racing 200 4.5928s
4 Alexander Rossi Andretti Autosport 200 5.2237s
5 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport 200 6.7187s
6 Simon Pagenaud Team Penske 200 7.2357s
7 Carlos Munoz Andretti Autosport 200 7.8377s
8 Josef Newgarden Team Penske 200 8.6917s
9 Robert Wickens Schmidt Peterson Motorsports 200 9.3112s
10 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan 200 11.3368s
11 J.R. Hildebrand Dreyer & Reinbold Racing 200 12.7354s
12 Marco Andretti Andretti Herta 200 14.0745s
13 Matheus Leist AJ Foyt Enterprises 200 14.7798s
14 Gabby Chaves Harding Racing 200 15.1173s
15 Stefan Wilson Andretti Autosport 200 33.6747s
16 Jack Harvey Michael Shank Racing 200 34.7970s
17 Oriol Servia Scuderia Corsa 200 38.2325s
18 Charlie Kimball Carlin 200 41.5146s
19 Zachary Claman Dale Coyne Racing 199 1 volta
20 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing 199 1 volta
21 Conor Daly Dale Coyne Racing 199 1 volta
22 Max Chilton Carlin 198 2 voltas
23 Zach Veach Andretti Autosport 198 2 voltas
24 Jay Howard Schmidt Peterson Motorsports 193 7 voltas
25 Tony Kanaan AJ Foyt Enterprises 187 Contato
26 Sage Karam Dreyer & Reinbold Racing 154 Contato
27 Helio Castroneves Team Penske 145 Contato
28 Sebastien Bourdais Dale Coyne Racing 137 Contato
29 Kyle Kaiser Juncos Racing 110 Mecânico
30 Danica Patrick Ed Carpenter Racing 67 Contato
31 Ed Jones Chip Ganassi Racing 57 Contato
32 Takuma Sato Rahal Letterman Lanigan 46 Contato
33 James Davison AJ Foyt Enterprises 45 Contato
Por Marcos Amaral - Planeta Velocidade / Fotos IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *