C-T Últimas Noticias

Copa Truck: Equipe M.P Motorports, anuncia sua saída da Copa Truck.

  •  
  •  
  •  
  •  

A Copa Truck ainda se prepara para a temporada 2019, mas já sofre uma importante baixa, a equipe conhecida como Bruto Lührs Motorports, acaba de comunicar que desistiu de competir na Categoria este ano.

O Chefe da Equipe Luiz Renato Lührs destaca que o principal motivo foi o de não ter conseguido implementar uma operação de sucesso a partir da sua sede em Santa Catarina:

“Aqui no estado estamos fora do eixo de competições do asfalto, tivemos dificuldades de contratação de mão de obra especializada, barreiras com patrocinadores locais por não dispormos de um autódromo e de incentivo no estado, ainda não sabemos o nosso futuro, mas estamos abertos a novos objetivos”. Comentou Lührs que não descarta a possibilidade de negociar a equipe.

“Obviamente a equipe se encontra aberta para negociação de sua estrutura que é bem completa, temos dois caminhões muito bons e prontos pra correr, desenvolvidos em parceria direta com a fábrica, são muito potentes e claramente com bom investimento em manutenção e mão de obra especializada terão sempre chance de atingir pódios”. Comenta Lührs.

A equipe se despede da Copa Truck tendo disputado apenas seis corridas na categoria em 2017 com os pilotos Joel Mendes Jr e Duda Bana e duas corridas em 2018 com o próprio chefe da equipe no comando do caminhão. Contudo a equipe tem um histórico mais amplo de pilotos na extinta categoria que inclui Pedro Muffato, David Muffato e Roberval Andrade campeão de 2004 pela equipe.

Lührs também chamou a atenção para um fato importante, a possível ausência de caminhões Scania no grid em 2019:

“A menos que alguém compre a equipe, teremos dois Scanias a menos no grid desse ano, principalmente o caminhão bicudo “amarelo” que sempre gera muita repercussão com os fãs. Vale lembrar que esse caminhão já foi inclusive campeão da antiga Formula Truck e que mesmo com dois pilotos com pouca experiencia atingiu pódio e bons resultados em 2017. Hoje estamos correndo o risco de não termos a Marca na Categoria pois o próprio Roberval Andrade, atual campeão já anunciou que não corre de Scania esse ano”.

O Anuncio não chega a colocar em cheque o crescimento apresentado pela categoria ano passado, mas acendem uma luz sobre a real situação das equipes e pilotos, mas com certeza é uma perda para categoria que vem num crescente número de caminhões no grid, para a marca Scania e principalmente para os fãs caso esses Trucks não alinhem na primeira corrida dia 24 de março em Goiânia.

Vamos torcer para tudo se resolver.

Fotos Instagram/@lugrs46

  •  
  •  
  •  
  •  

2 Responses

  1. A categoria vai perder muito mais por não estar sendo transmitida para todos, e sim apenas para uma pequena parte da população que dispõe de TV por assinatura, ou que trabalha nos dias de prova onde não há TV por assinatura.
    Lamentável, com essa decisão a categoria perdeu uns 70% da audiência anterior e consequentemente os patrocinadores mudam de mídia.
    Copa Truck sem TV aberta, é como F1 sem o Ayrton Senna.
    Elitizar um esporte, é não fazer questão de patrocínio.

  2. E não faria mais sentido a equipe buscar patrocínios fora de Sta. Catarina? Ou mesmo se mudar de lá? Entendo que o pacote de tevê não é dos mais interessantes, mas a parte de relacionamentos no evento é até mais produtiva do que a metragem na televisão, para um patrocinador bem trabalhado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *