Turismo

Cortina e Vanzin mantém dupla para a Cascavel de Ouro

Cascavel de Ouro: A parceria formada por Beto Vanzin e Marcos Cortina para a temporada do Campeonato Metropolitano de Turismo 1600 de Cascavel terá sequência.

A conquista do título na classe I motivou os pilotos cascavelenses a adaptar seu carro, o VW Gol número 5 da Cortina Competições, ao regulamento de Marcas 1.6 para a disputa da 32ª Cascavel de Ouro, confirmada para 18 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, também em Cascavel.

“O primeiro objetivo era participar da prova, que é tão tradicional e que nos últimos anos vem tomando uma proporção enorme”, afirma Vanzin. “Não é todo dia que se pode participar de uma corrida com um grid tão numeroso e de tanta qualidade. O desafio é enorme. Para nós, falar em vitória é improvável. O objetivo é modesto, mas consideramos com muito carinho a meta de terminar a corrida entre os 15 primeiros colocados”, acrescenta o piloto.

A dupla confia no potencial do carro, que tem preparação de Antonio Cortina, pai de Marcos. “O carro é constante, e com as mudanças para passar de Turismo 1600 para Marcas acredito que vamos ter, sim, condição de pensar em terminar a corrida entre os 15. A estrutura é modesta, mas o conhecimento que temos da pista vai nos ajudar bastante. O Beto e eu temos estilos de pilotagem bem parecidos, e nossos tempos de volta são muito próximos”.

Vanzin participará da Cascavel de Ouro pela sexta vez. Atuou em dupla com os paranaenses Rafael Sperafico, Alexandre Sperafico e Juca Lisboa de 2003 a 2005, com o goiano Gabriel Corrêa em 2014 e integrou o trio de 2015 com o baiano Ricardo Lima e o paulista Edgard Amaral. Cortina, que teve atuação individual em 2005, volta depois dos vice-campeonatos metropolitanos de 2014 e 2017 e do título de 2018, conquistado na dupla com Vanzin.

O grid da Cascavel de Ouro é limitado a 55 carros. A relação de duplas e trios já inscritos revela 64, com perspectiva da organização de que o recorde já estabelecido em 2018 seja elevado a 75 carros. “O propósito era participar da festa e não ficar fora da corrida”, finaliza Cortina. Os carros não classificados à Cascavel de Ouro vão integrar na manhã do dia 18 o grid da Copa Masso Alimentos, valendo isenção na taxa de inscrição da prova para 2019.

Por Osires Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *