F-1 Últimas Notícias

Fórmula 1: Decisão errada tira o brilho da Estrela

Fórmula 1: GP de Sochi tinha tudo para ser uma corrida para a Mercedes mostrar a sua superioridade, mas infelizmente foi manchada por uma decisão errada.

A Mercedes mostrou para que foi a Sochi, seus dois pilotos brilharam, no TL2, TL3, no Treino Oficial Valttery Bottas conquistou a pole seguido de Lewis Hamilton, na corrida uma largada tranquila, todos se respeitando e mantendo suas posições de largada, Bottas conseguiu abrir boa vantagem para Lewis, até que!!

Vamos analisar as opções que a Mercedes poderia ter adotado:

  1. Se terminasse a corrida como estava Bottas, Hamilton e Vettel, a diferença entre os dois estaria na casa de 43 pontos, não mudaria em nada para a Mercedes e Hamilton.
  2. Hamilton poderia ter tirado a diferença para Bottas “na pista” e assumiria a primeira posição, o que seria normal, já que estava mais rápido.
  3. Mas infelizmente Toto Wolf Tean Principal da Mercedes preferiu usar a pior forma possível, “Pediu via rádio para que Bottas deixasse Hamilton passar!”.

As justificativas foram as piores possíveis, informaram há Bottas que Hamilton estava com bolhas nos pneus e Vettel estava chegando, foi algo que não justificou a manobra, pois o piloto Inglês fez a volta mais rápida da corrida na volta seguinte, ou seja, diante da tremenda besteira que fizeram com Bottas, tentaram justificar o não justificável.

Sabemos que essas atitudes não são novidades, sempre aconteceu!

Vamos voltar em 12/05/2002 GP da Áustria, Rubens Barrichello liderava a prova até que a poucos metros da bandeirada final veio a ordem para que deixasse Michael Schumacher ultrapassá-lo e ganhasse a corrida, foi uma das imagens que marcou negativamente a história da Fórmula 1.

E a atitude na Mercedes é mais uma que entra negativamente para a história, sendo que  não havia necessidade de fazer essa tremenda bobagem, estão como título de construtores na mão, seu piloto com o título da temporada na mão, e podiam ter escolhido as opções que abordamos acima, mas Toto Wolf escolheu a opção três. Mas enfim ele é o chefe…..

O grande prejudicado nessa história, claro, foi Valttery Bottas que estava fazendo uma grande corrida e mostrando que está no caminho certo para ser um grande piloto. Faz um belo trabalho quando está atrás de seu companheiro e quando está a frente mostra sua capacidade, como mostrou no GP de Monza fazendo Kimi Raikkonen gastar seus pneus e possibilitou que Hamilton assumisse a segunda posição.

Deixo algumas perguntas para vocês:

O que diz o contrato que o piloto assinou com a equipe?

E se Hamilton não obedecesse a ordem e não ultrapasse Bottas?

E se Hamilton deixasse Bottas passar para reassumir a primeira posição?

O que será que Toto Wolf faria se Hamilton não obedecesse ordem?

Será que a FIA e a Liberty Media dona da Fórmula 1 não podiam adicionar um item no regulamento que proíba esse tipo de coisa?

Nos vemos no Japão!

Fotos F1.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *