F-1 Últimas Notícias

Formula 1: Para Vettel é vencer ou vencer em Sochi.

Formula 1: Após as derrotas em Monza e Singapura o piloto da Ferrari precisa de 100% de aproveitamento daqui pra frente se ainda tem alguma pretensão de conquistar o Penta.

Opinião Regii Silva:

Fosse esta uma luta de Box, o “corner” de Sebastian Vettel estaria com a toalha na mão prestes a jogá-la no ringue, tamanha a “surra” que o piloto da Ferrari vem levando após o retorno das férias da Formula 1. Seu adversário, Lewis Hamilton vem o castigando sem nenhuma pena e se portando como um verdadeiro campeão, postura bem diferente da do Alemão.

Com uma diferença de 40 pontos a ser tirada e faltando apenas 6 corridas para o final da Temporada, Vettel tem a difícil missão de tirar no mínimo 7 pontos por corrida desta diferença e mesmo com Hamilton chegando em segundo em todas, o piloto da Ferrari ainda ficaria com o título por 2 pontos, esta é sua única chance.

Impossível? Não, mas muito difícil, principalmente pelo comportamento que tanto Vettel como a Ferrari vem tendo nas ultimas corridas, erros infantis por parte do piloto, a falta de competitividade em condição de chuva, os erros grotescos de estratégia da equipe nas paradas chegando ao cumulo de colocar um jogo de pneus supermacios em Singapura faltando quase 50 voltas para o final da corrida, ou o episodio do “blefe” da Mercedes em Monza, tudo isso corrobora para desacreditarmos de uma reação por parte do time vermelho.

Lewis Hamilton ao contrario, vem dando uma verdadeira aula de pilotagem gratuita para Vettel, e a cada GP impressiona com um comportamento digno de um verdadeiro campeão.

Apenas num quesito ambos os postulantes ao título parecem estar em igualdade, ultimamente nenhum vem podendo contar com a ajuda dos companheiros de equipe. Valteri Bottas vem fazendo corridas apagadas e ao contrario da primeira metade do ano, não vem sendo mais o escudeiro tão elogiado pelo chefe da Mercedes Toto Wolf.

Kimi Raikkonen daqui pra frente irá fazer por si próprio, preterido pela Ferrari mesmo tendo assinado com a Equipe, e tendo que se submeter calado à reviravolta que o caso Leclerc teve, o piloto Finlandês lutará por corridas daqui pra frente, sabendo que a partir do ano que vem estará impossibilitado de vencer estando na fraca Sauber Alfa Romeo. Duvido muito que o Homem de gelo se esforçará para ajudar Vettel.

A batalha em Sochi começa já nesta sexta-feira, e pode marcar o inicio da virada da Ferrari e Vettel, do contrario será “jogar da toalha” e pensar em 2019.

Fotos Internet/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *