F-Indy Últimas Notícias

Lucas Kohl testa Indy Lights em Indianápolis e projeta novidades para 2019

Indy Lights: Piloto gaúcho realizou dois dias de testes em Indianápolis e mostrou desejo disputar a categoria após se destacar com o terceiro lugar na temporada da USF 2000

Destaque brasileiro no primeiro degrau das categorias de acesso à Indy, Lucas Kohl testou um carro da Indy Lights pela primeira vez no último final de semana em Indianápolis. O piloto gaúcho teve dois dias de treinos no traçado misto com o carro da equipe Belardi e mostrou o desejo de realizar a temporada completa na categoria em 2019.

“Os treinos foram bastante positivos, o Indy Lights é totalmente diferente do que eu estava acostumado na USF2000. O carro é bem maior, tem mais potência, cerca 450 cavalos e a parte aerodinâmica também é melhor. Por isso, fui me adaptando a cada treino. O tempo final acabou não refletindo nosso potencial, pois peguei tráfego e não fechamos a volta ideal, mas o importante foi ver este bom rendimento que nos permite pensar em saltar de categoria já em 2019”, diz Kohl.

Terceiro colocado nesta temporada da USF2000 entre 34 participantes, Lucas conquistou quatro pódios neste ano e agora tem a opção de subir para a Pro Mazda ou já ir direto para a Light, chegando assim ao último degrau antes da Indy, principal categoria dos Estados Unidos.

“É um grande desafio disputar a Indy Lights, mas vou em busca desse sonho de correr uma prova no oval de Indianápolis, fazendo a preliminar da Indy 500. Ainda não temos nada fechado para o ano que vem, mas me inspiro bastante na história do Matheus Leist, que foi destaque na Indy Lights e no ano seguinte já subiu para Indy”, diz Kohl, que tem 20 anos, assim como Matheus.

Kohl começou no kart no Rio Grande do Sul e estreou em monopostos sendo campeão da Fórmula Júnior na categoria Novatos em 2014, ainda no Brasil, com oito vitórias em 16 corridas. O piloto também participou de várias provas de endurance no Brasil em 2015 e mudou o foco da carreira para os EUA em 2016, ano em que estreou na USF2000.

“Eu terminei meu primeiro ano na USF2000 em 11º, ano passado fui o sétimo e agora cheguei na terceira posição. Fui crescendo bastante com a equipe e também como piloto em um grid bastante competitivo, então acredito que chegou a hora de buscar mais um novo desafio”, diz Kohl.

A Indy já encerrou o calendário de todas as suas divisões neste ano e abre a temporada 2019 em março, no circuito de rua de St Pete, na Flórida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *