Nas- Últimas Notícias

Monster Energy NASCAR Cup Series – What turn 4, Kyle Busch?

No ultimo domingo (29/07) a principal categoria da NASCAR, a Monster Cup Series, disputou mais uma de suas etapas no tri-oval de 2,5 milhas de Pocono Raceway, na Pensilvânia, dividindo o final de semana com a Camping World NASCAR Truck Series, mas apresentando o mesmo vencedor.

Tal circuito é conhecido por ter apenas 3 curvas, ao invés das 4 tradicionais nos demais ovais.

Na última de suas curvas existe a provocativa inscrição “what turn 4?” fazendo justamente uma referência a ausência de tal curva no circuito.

Inicialmente a pole position havia ficado por conta de Kevin Harvick, seguido de Kyle Busch,  Daniel Suarez, Kyle Larson e Joey Logano.

Ocorre que, em uma situação inusitada, Kevin Harvick (4), Kyle Busch (18), Joey Logano (22), Clint Bowyer (14), Kyle Larson (42), Ryan Blaney (12), Aric Almirola (10), Jimmie Johnson (48), Paul Menard  (21), Austin Dillon (3), William Byron (24), Bubba Wallace (43) e Kasey kahne (95), , e outros pilotos  foram reprovados na vistoria de seus carros e obrigados a largar no final do pelotão.

Assim, a primeira posição do grid ficou a cargo do piloto Mexicano do carro 19, da equipe de Joe Gibbs, Daniel Suarez.

Após a largada da prova, Suarez manteve-se na liderança da prova, enquanto os pilotos que haviam sido punidos após a inspeção da NASCAR ganhavam rapidamente posições na corrida.

Após uma rodada de pit stops em bandeira verde, Denny Hamlin, com o carro nº 11 da equipe Joe Gibbs assume a liderança da prova.

A 11 voltas para o final do segmento, Chase Elliot, com o carro nº 9, ultrapassa Denny Hamlin.

Erik Jones (20) e Martin Truex Jr. (78), por conta de estratégia, antecipam suas paradas nos boxes a 3 voltas para o final do segmento.

Ao fim, Chase Elliott vence o primeiro estágio e Kevin Harvick (4), que havia largado na 29ª posição, cruza a linha de chegada já na segunda colocação.

Por terem antecipado sua parada nos Boxes durante o segmento inicial, Jones e Truex relargaram na primeira e na segunda posição, respectivamente.

Jones manteve a primeira posição, seguido de perto por Chase Elliot e Kevin Harvick.

Harvick ultrapassa Chase Elliot na volta 62 e, já na de número 65, passa também por Jones, assumindo a liderança da prova e abrindo uma significativa distância para os mesmos.

Corey Lajoie, com o carro número 72, encontra o muro e causa uma bandeira amarela no circuito.

Após o ciclo de paradas e o fim da bandeira amarela, Harvick relarga na primeira colocação, mantendo a posição e, mais uma vez, abrindo uma boa diferença para os demais competidores.

A apenas três voltas do fim do segmento, os pilotos Denny Hamlin (11), Erik Jones (20), Kyle Busch (18), Martin Truex Jr. (78), Daniel Suarez (19) e William Byron (24) anteciparam suas paradas nos Boxes.

Ao final do segundo estágio, Harvick cruza a linha de chegada com folga na liderança, seguido por Chase Elliott e Clint Bowyer (14).

Por terem antecipado a parada nos boxes junto ao segmento 2, William Byron relarga na primeira posição, seguido de Klyle Busch. Kevin Harvick relarga na nona posição.

Após a relargadas, Byron manteve a liderança, mas foi ultrapassado por Kyle Busch, na volta 111.

Após um estouro pneu na volta 120, Brad Keselowski vai para o muro com seu Penske nº 2, e causa uma nova bandeira amarela.

Todos os líderes foram para os Boxes e Kyle Busch retorna a pista na primeira posição, seguido de Daniel Suarez e de Kasey Kahne.

Durante as paradas nos Boxes, os companheiros na equipe Stewart Haas Racing Aric Almirola (10) e Kevin Harvick (4), colidem entre si, levando ambos a perder várias posições e irem para o final do pelotão.

Ainda na relargadas o carro nº 00 de Landon Cassill estoura o motor e causa uma nova bandeira amarela no circuito.

Com a relargada, Kyle Busch consegue manter a liderança, seguido de Daniel Suarez e Chase Elliott.

Enquanto isso, Kevin Harvick vinha ganhando várias posições no pelotão intermediário.

Faltando apenas 6 voltas para o final da prova, Darell Wallace Jr, com o carro 43 da equipe RPM, perde seus freios e bate violentamente contra a mureta de proteção, causando uma bandeira vermelha na prova.

O impacto do acidente foi tão violento que provocou rachaduras no lado externo do safety wall do circuito.

Em que pese o fato do acidente ter sido assustador e também ter destruído o carro de Bubba Wallace, o piloto, muito embora atordoado, deixa seu veículo ileso.

Vários pilotos buscaram os Boxes após o fim da bandeira vermelha, mas os ponteiros permaneceram na pista.

Com a relargada, as posições iniciais não se alteram, mas, após uma rodada de Rick Stenhouse Jr. (17), Aric Almirola (10) perde o controle do carro e ambos provocam uma bandeira amarela e, ainda um overtime (prorrogação para que a corrida termine em bandeira verde).

Aqui a relargadas da prova, Kyle Busch, mais uma vez, conseguiu preservar sua posição e partindo para uma brilhante vitória em Pocono.

Daniel Suarez (19) e Alex Bowman (88), cruzaram a linha de chegada na segunda e na terceira colocação, respectivamente.

Esta é a sexta vitória de Kyle Busch na temporada.

A próxima etapa da Monster Energy NASCAR Cup Series será disputada no próximo final de semana (dia 05/08), no tradicional circuito de Watkins Glen. Emoção garantida!

Até lá!

Alex Leonello Teixeira
Twitter: @alexleonello
Fonte: Divulgação/Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *