Turismo

RCHLO Racing conquista vitória na Porsche GT3 Cup Endurance Series em Interlagos

Porsche GT3: Werner Neugebauer e Sérgio Jimenez vencem na Geral e na Cup, em prova emocionante

A RCHLO Racing foi a grande vencedora da primeira etapa da Porsche GT3 Cup Endurance Series, com a vitória de Werner Neugebauer e Sérgio Jimenez, que fizeram uma prova de arrepiar, onde nas voltas finais foram buscando posições para cruzar a linha de chegada na primeira colocação, em um final emocionante.

A dupla largou na segunda posição do grid e mostrou estar competitiva desde o inicio da prova, onde a estratégia perfeita e o entrosamento dos pilotos rendeu o lugar mais alto do pódio. A RCHLO Racing fez um trabalho perfeito com 100% de aproveitamento.

“O Jimenez foi à escolha certa de parceiro. Fez um super trabalho neste final de semana. O resultado da corrida foi o que trabalhamos desde quinta-feira. Pensando na estratégia, no acerto do carro, conseguimos classificar bem, onde nosso carro não era o mais rápido, mas sabíamos que tínhamos um bom ritmo de corrida. O Jimenez voou no final para ganharmos a corrida”, comemorou Neugebauer, que agora é o líder na Carrera Cup 4.0 e na Endurance.

Sérgio Jimenez, que já havia vencido na competição em 2017, destacou a importância de terem feito um grande trabalho em equipe. “Foi uma ótima corrida, onde fizemos uma estratégia um pouco diferente de pneus e desde quinta-feira vimos que o carro era constante de pneu usado e isso funcionou. No final éramos os mais rápidos da pista e conseguimos chegar no Porsche #07 (Beto Gresse/Miguel Paludo), onde houve um toque na ultrapassagem, mas acabamos levando a vitória com um resultado justo. Vamos comemorar agora a liderança na Endurance e vamos ver se conseguimos manter esse bom desempenho”, ressaltou o experiente piloto.

Para o engenheiro estrategista do time, Guilherme Ferro, tudo foi perfeito. “Fizemos uma ótima estratégia e deu tudo certo. Exatamente no stint quatro, o Jimenez estava bem próximo do Gresse e nessa hora eu sabia que teríamos mais ritmo e no final da disputa houve um contato entre eles e rodamos, mas acredito que a decisão inicial será mantida, já que ficou bem claro que o Jimenez estava por fora e foi tocado. Estou muito contente, que hoje deu tudo certo. As paradas, onde a cada uma que fizemos descontávamos o tempo em relação a eles, poupamos muito pneu durante a prova, e fizemos três paradas muito eficientes, pois perdemos 2.9 segundos nas três paradas somadas, o que nos dá uma média muito boa. Nossos dois pilotos foram perfeitos. Não erraram nada e andaram o tempo todo no limite”, explicou Guilherme, que tem uma longa história nas pistas com os dois pilotos.

Para Patrick Choate, que fez sua estreia na prova de longa duração o final de semana foi de muito aprendizado, finalizando a etapa na quarta colocação na GT3 Cup 3.8. “Essa foi minha primeira experiência em provas de endurance, conseguimos evoluir muito no final de semana, mas acabamos rodando na pista e acabamos ficando um pouco prejudicados. Foi bom para conseguirmos nos familiarizar com toda a prova e já estou com o ânimo renovado para Goiânia, que é uma pista que eu adoro”, finalizou o piloto, que formou dupla com Nelson Monteiro Júnior.

A próxima etapa da Endurance Series acontece no dia 13 de outubro, em Goiânia.

Este é um projeto incentivado pela Lei 1.924/92 – Estadual de Incentivo ao Esporte, da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude – SEELJE, do Estado do Rio de Janeiro.

Resultado da prova:

1. S. Jimenez – W. Neugebauer
2. L. Di Grassi – Ric. Baptista
3. B. Gresse – M. Paludo
4. V. Baptista – P. Queirolo
5. JP Mauro – B. Baptista
6. C. Bueno – S. Barros
7. L. Kaesemodel – R. Zonta
8. A. Hellmeister – L. Seripiere (S)
9. N. Piquer – D. Schneider
10 . Dan. Dirani – R. Toni (S)

Por MS2 / Fotos Bruno Terena/MS2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *