Rally

Velocidade na Terra: No primeiro dia de disputas, Mello e Basso vencem no Autocross e Davi Santin no Kartcross

Neste sábado pilotos aceleraram nas primeiras baterias do Campeonato Brasileiro UPL de Velocidade na Terra

Um dia de grandes disputas marcou o sábado (4) do Campeonato Brasileiro UPL de Velocidade na Terra em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia. Pela categoria Autocross, a Fórmula 1 da terra, Celsinho Mello fez a pole position e venceu a primeira bateria válida pela segunda etapa da categoria, Ricardo Basso fechou a segunda bateria na frente. Pelo Kartcross, Davi Santin foi o vencedor e saiu na frente na corrida pelo título da etapa de abertura da temporada da categoria. No domingo (4), a competição segue no autódromo Júnior Poletto, com programação começando às 8h.

Autocross

O dia começou com Celsinho Mello cravando a pole após as disputas do Q1 e Q2. Largando na frente na primeira corrida, Mello soube administrar e defender sua posição até o final da prova e garantir a vitória. “Foi como eu disse ontem, essa pista é uma loteria. Ela muda muito. Você tem que poupar e ao mesmo tempo andar rápido, tem problema de pneu, câmbio, mas graças a Deus deu tudo certo e que vença o melhor”, disse o piloto de Piracicaba e que atualmente é o vice-líder do campeonato.

Mostrando a grande disputa entre os líderes, o atual líder do campeonato Ricardo Basso fez uma grande corrida de recuperação após ter problemas com seu carro durante a tomada de tempo e largar da 12ª colocação e escalar o pelotão até terminar em segundo na primeira prova. Para a segunda prova, com a inversão de grid, Basso largou da terceira colocação e assumiu a liderança para receber a bandeira quadriculada em primeiro lugar. “Nossa tomada de tempo foi muito ruim, tive problemas no câmbio. Na segunda prova eu consegui largar bem e passar os meninos, no meio da corrida minha terceira marcha começou a estragar, economizei para chegar até o final e deu tudo certo”, avalia o piloto que é de Luís Eduardo Magalhães.

Kartcross

A categoria também teve suas disputas acirradas na tarde de sábado. Para a tomada de tempo, Miguel Mariotti foi o mais rápido e garantiu o lugar de honra no grid da primeira bateria, mas quem acabou levando a melhor na corrida foi o piloto Davi Santin. Competindo na pista baiana pela primeira vez, o piloto de Piracicaba (SP), largou da segunda colocação e foi construindo sua vitória volta a volta, até receber a bandeirada final.

Acompanhe a categoria pelas mídias oficias: Instagram e Facebook

Por Eduardo Antonialli / Caio Scafuro / Fotos Victor Lara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *