Motovelocidade – O GP da Estíria supera sustos e traz novos vencedores

24 de agosto de 2020

j

Colaboradores Planeta Velocidade

O circuito de Red Bull Ring na Áustria teve mais uma corrida da motovelocidade. Desta vez foi o GP da Éstiria, que mostrou ser equilibrado já no sábado nos treinos de qualificação.

As três principais categorias entraram em ação e como é de se esperar deram um show na pista.

Moto 3

O argentino Gabriel Rodrigo largou na pole, mas na primeira curva Toni Arbolino tomou a liderança. A disputa fica boa entre os pilotos, Arbolino, Rodrigo, Binder, Vietti, Ogura, Ocun, Ogura e Mcphee.

Faltando 5 voltas, Ocun e Sazaki – companheiros de equipe – se envolvem em um acidente que tira os dois da disputa. Nas voltas finais a briga pelo pódio ficou com Vietti, Arbolino e Ogura.

Vietti com moto KTM precisava ter astúcia, porque as motos Honda são melhores na reta, e assim foi até o final para assegurar sua vitória. Arbolino chega a errar na última curva, mas mesmo assim mantem a segunda posição seguido por Ogura.

Vietti comemorando sua primeira vitória na Moto 3 – Fonte: VR Sky Team

O líder do campeonato, Albert Arenas terminou na 5ª colocação na corrida. Agora ele tem 106 pontos, contra 81 do vice líder Ai Ogura.

Moto 2

Na Moto2 o novato da categoria, Aron Canet, larga na primeira posição, mas perde a liderança para Jorge Martin que larga muito bem. O líder do campeonato Luca Marini sai da 12ª posição para a 7ª.

Enquanto isso na curva 3, Lowes erra e acaba levando Somklat Chantra e Jorge Navarro. Por essa manobra, Lowes leva bandeira preta (desclassificação da prova).

Remy Gardner – piloto da equipe do Brasileiro Edu Peirales – encosta nos lideres, mas Jorge Martin abre certa vantagem ao segundo colocado, deixando a briga entre Bezzecchi e Gardner.

Faltando 5 voltas para o final, Bezzecchi começa a se aproximar do líder, Jorge Martin e a disputa pela liderança fica emocionante. A última volta foi de tirar o fôlego. E na penúltima curva, Martin excedeu o limite da pista e acabou sendo punido perdendo a primeira posição.

A vitória então ficou com Marco Bezzecchi, que fez uma bela corrida e conseguiu pressionar Martin que cometeu esse erro.

Moto GP

Na MotoGP, categoria principal, tínhamos a grande expectativa para mais uma corrida com a pole de Pol Espagaro (KTM), primeira dele e da equipe. Takaki Nakagami (LCR Honda ) largou na 2 posição e Joan Mir na 3ª colocação, herdada por conta de punição que Joan Zarco (Sponsorama Avintia) sofreu por causa do acidente da corrida passada com Franco Morbideli (Petronas Yamaha), o obrigando a largar do boxes.

Essa corrida também ia ser especial por ser a etapa 900 da MotoGP. Logo na largada Mir tomou a 1ª posição de Pol, ao passo que o líder do campeonato, Fabio Quartararo (Petronas Yamaha), não largou muito bem, caindo de 10º para 14º.

Mir lidera com certa folga a corrida e chega a abrir 2 segundos, quando uma bandeira vermelha é acionada. Maverick Viñales foi o causador da interrupção após perder os freios na curva 1, tendo que pular da moto a mais de 200 km/h. O piloto saiu sem ferimentos, mas a moto bate na proteção de barreira de ar que estoura e começa um incêndio, logo controlado.

Acidente de Maverick Viñales

Relargada na Áustria

Na segunda largada, Mir saiu muito bem mantendo a liderança da corrida, mas seus pneus não resistiram e ele perdeu rendimento. A briga ficou para Pol Espargarò e Jack Miller, que protagonizam uma grande disputa.

Mas na última volta, para ser mais específico, na última curva o piloto português, Miguel Oliveira, aproveitou que os dois a sua frente espalharam na curva para assumir a liderança e conquistar a sua primeira vitória na Moto GP.

Última volta de tirar o fôlego

Fábio Quartararo não foi bem nesta corrida e viu a diferença dele para Andre Dovizioso diminuir para apenas três pontos. O piloto francês tem 70 pontos, enquanto o italiano tem 67. A disputa pelo título vai ser acirrada.

Próxima Corrida

Agora os pilotos vão para a Itália, corre o GP de San Marino e dela Riviera di Rimmi, no circuito de Misano no dia 13 de setembro. Lembrando que nesta próxima etapa voltam as corridas da Moto E, onde temos Eric Granado piloto brasileiro na disputa pelo título.

Colaboradores Planeta Velocidade

Colaboradores Planeta Velocidade

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais