Xfinity Series – Chuva, emoção, marcam a vitória de Allmendinger no roval de Charlotte

11 de outubro de 2020

j

Daniel Mendes

A última corrida da primeira fase dos playoffs da Xfinity Series aconteceu no Roval de Charlotte. O cenário, que já era emocionante e dramático, teve um ingrediente a mais, o clima. A chuva estava próxima de cair e iria bagunçar a corrida.

Foram 67 voltas, 20 nos dois primeiros estágios e 27 no terceiro.

Estágio 1 – Início frenético

Crédito: Getty Images

Noah Gragson larga bem e mantem a ponta, contudo, Austin Cindric , que largou em 11º, vem com apetite e em duas voltas já estava na 5ª posição, porém a escalada acaba na volta 3 por uma bandeira amarela causada por Brett Moffitt, com um pneu furado.

Volta 4 e a chuva chega no Roval. Hora da estratégia entrar em ação já que, como é um circuito misto, a NASCAR disponibiliza os pneus de pista molhada. Um ingrediente a mais para a última prova da primeira fase dos playoffs! Os pilotos entram no box, fazem a troca para pneus de chuva. Cindric que havia largado bem, perdeu algumas posições no pit stop.

Boa largada de Chastain indo pra segunda posição e partindo pra cima do líder Noah Gragson. Contudo, na volta 7 o piloto bom de circuitos mistos, AJ Allmendinger começa a figurar entre o top 10. Algumas voltas depois, a chuva começa a apertar e alguns pilotos se destacam, como Harrison Burton, Alex Labbe e Kaz Grala.

Chuva Forte complica os pilotos

Na volta 13 uma série de rodadas. O líder do segmento Noah Gragson roda e o 5º colocado Ross Chastain também, mas não foram só eles, no pelotão de trás mais três pilotos rodaram e a bandeira amarela foi chamada. Mesmo com as rodadas, Gragson voltou em 5º e Chastain voltou na 9ª colocação.

Reinicio da prova com duas voltas para o fim do estágio. Uma grande relargada de Gragson e de Kaz Grala. Burton que vinha bem acabou errando a curva e perdeu várias posições o que pode ter complicado ele pra se classificar para próxima fase. A vitória do estágio ficou com Kaz Grala. Contudo, Noah Gragson se deu bem com a segunda colocação no segmento, passando por pontos para próxima fase, restando 5 vagas em disputa.

Estágio 2 – Chove chuva

Crédito: Getty Images

Agora entra um fator importante, ao fim do segundo segmento a prova já teria 50% completa. E caso a pista não tiver condição, a corrida pode ser dada como encerrada.

Kaz Grala e Gragson optaram por ficar na pista, os outros pilotos entram no pit na bandeira amarela de segmento. Brandon Brown surge do nada no começo do estágio com o segundo lugar, brigando pela liderança com Gragson, mas acabou errando na bus stop e perde várias posições.

Outro piloto que somente vencendo se classificaria para segunda fase é Riley Herbst, que na volta 26, brigando pela liderança toca o carro do Gragson e o número #9 acaba rodando, bandeira amarela acionada. Na volta 30 devido a questões ruins de dirigibilidade a Nascar aciona a bandeira vermelha. Mas ainda não temos os 50% de prova, então a corrida não pode ter seu fim oficialmente.

Fim da bandeira vermelha

Com mais de 38 minutos de paralisação, a corrida tem seu retorno.  Na relargada, Justin Allgaier sai muito bem e assume a liderança, mas na curva 3 ele aquaplana e acaba batendo no muro. Junto com ele foram outros pilotos: Riley Herbst, Michael Annett, Justin Haley e Preston Pardus.

Festival de “Yellow Flag”

Bandeira amarela novamente acionada mas agora a corrida já tem 50% completados, podendo ser encerrada a qualquer momento. Algumas voltas mais tarde e, mais uma bandeira amarela, Harisson Burton tem a transmissão quebrada, abandonando a corrida e também os playoffs.

O segmento 2 tem sua última relargada com Briscoe e Chastain lado a lado. Melhor para Briscoe que vence o estágio 2, com Chastain na segunda colocação.

Estágio 3 – A última chance

Alguns pilotos aproveitaram a bandeira amarela de segmento para colocar combustível. Mas os líderes ficaram na pista.

Volta 47, Alex Labbe ultrapassa Chastain pela segunda colocação, mas roda em seguida e perde 2 posições, voltando em 4º. Na volta seguinte mais uma bandeira amarela deflagrada e a tensão aumentava entre os pilotos que estavam brigando para se classificar. Chastain aproveita a bandeira amarela e faz o pit, colocando apenas combustível, voltando na 14º colocação.

Duelo chuvoso pela liderança

Crédito: Getty Images

Na relargada, Briscoe e Allmendinger protagonizam uma grande batalha, melhor para Allmendinger que fica com a liderança. Volta 55 e Chase Briscoe reassume a ponta numa linda ultrapassagem sobre AJ Allmendinger.

Mas ela voltou, com oito voltas para o fim a bandeira amarela aparece novamente, deixando o duelo entre Chase Briscoe e AJ Allmendinger mais emocionante. Contudo a corrida não prosseguia, tanto que na volta 64, bandeira amarela de novo, Brandon Brown perde o carro e em uma cena de filme um “splash” de água acumulada na grama sobe. Prorrogação a vista, drama para Briscoe e Allmendinger que estão com pouco combustível.

E na relargada, AJ leva a melhor sobre Briscoe que roda. Com isso Allmendinger se mantém na ponta e ganha a prova que parecia interminável, sua segunda vitória no roval de Charlotte.

Situação dos Playoffs

Com o resultado final da corrida, Burton, Herbst, Brown e Annett foram os eliminados do Round de 12. Mas a emoção continua, a próxima corrida será no oval do Kansa, válida pelo o Round de 8.

Daniel Mendes

Daniel Mendes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais