Escute a rádio Planeta Velocidade!

Gold classic: Clássicos serão sempre clássicos

1 de fevereiro de 2021

j

Keko Gomes

Criada originalmente para ser um evento suporte para a Cascavel de Ouro, a Gold Classic apareceu a primeira vez em 2018 e de cara colocou 44 carros no grid em Cascavel. Nascia ali, uma categoria de sucesso, era apenas questão de tempo.

Márcio de Luca – Planeta Velocidade – GoldClassic, Interlagos, SP, 23.01.2021

Em 2019 após o sucesso do ano anterior a categoria voltou a Cascavel com o mesmo propósito, evento suporte da Cascavel de Ouro, porém naquele ano a história não acabaria em Cascavel. A categoria estava crescendo, chegando a ponto de fazer de mais uma prova aquele ano.

São Paulo foi o palco, mais precisamente o Autódromo Internacional José Carlos Pace, como citamos acima, a categoria tinha crescido e contava com mais pilotos. Pois bem, no final de semana no Paulista de Velocidade, juntamente com o Endurance Brasil e a Turismo Nacional, a Gold Classic contou com nada mais nada menos que 54 carros inscritos. Essa era a deixa, que a categoria deveria expandir e seguir novos rumos.

Foi então que em 2020 a categoria virou Campeonato, nascia então o Campeonato Gold Classic, estava tudo pronto, planos traçados, locais definidos, prova de longa duração. Mas como bem sabemos nem tudo está a nosso controle, infelizmente fomos abalados por uma pandemia e os planos tiveram que ser alterados. O campeonato teve 3 provas. A primeira em Cascavel, devido o momento que o país passava “apenas” 30 carros estavam na pista para a primeira corrida. Digo apenas pois esses números não são parâmetros para a categoria, desde a primeira corrida esse foi o menor grid da história da categoria.

Márcio de Luca – Planeta Velocidade – GoldClassic, Interlagos, SP, 23.01.2021

A segunda prova foi em Curitiba, pela primeira vez a categoria visitava a Capital paranaense, desta vez com um grid com a cara da Gold, 52 carros alinhados para a corrida 1, quase o mesmo número do recorde de 54 em São Paulo.

E para fechar a primeira temporada com chave de ouro (expressão essa que o promotor da categoria Luc Monteiro não gosta muito (risos)) o local escolhido foi o templo do automobilismo nacional, Interlagos e a Gold Classic fez bonito na capital Paulista mais uma vez, alinhou 62 carros no grid, isso mesmo você não leu errado, a categoria contou com 62 carros para a etapa final, na 5ª etapa do Paulista de Velocidade, estabelecendo novo recorde na categoria, além de ter sido o grid mais numeroso no automobilismo nacional em 2020.

Márcio de Luca – Planeta Velocidade – GoldClassic, Interlagos, SP, 23.01.2021

Terminava assim o primeiro ano em que a categoria virou Campeonato, e terminou em grandessíssimo estilo.

Em 2021, a categoria abriu a temporada do automobilismo nacional, foi a primeira a ter uma etapa válida para a temporada 2021, além de ter sido a preliminar de uma das provas mais emblemáticas do Brasil.

As Mil Milhas, batizada esse ano de Mil Milhas Chevrolet Absoluta, a primeira prova do ano já contou com 64 carros na pista, mas o número de inscritos foi maior, superior a 67 carros no total, mas infelizmente alguns não conseguiram alinhar.

Além de ser um sucesso Nacional, em 2021 a categoria almeja planos maiores, uma visita em terras Uruguaias para ser a preliminar de uma das etapas da TCR South América que inicia sua primeira temporada e já está certo que em 2022 fará novamente a preliminar das Mil Milhas Chevrolet Absoluta, porém dessa vez será uma prova de 200 milhas.

Vejamos quais as próximas surpresas que essa categoria tem a nós oferecer!

Keko Gomes

Keko Gomes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais