Copa Truck – Beto Monteiro mostra força e sai como campeão de Cascavel.

28 de junho de 2020

j

Colaboradores Planeta Velocidade

Neste domingo, 28/06, a Copa Truck realizou a 2° corrida da primeira etapa de 2020, no autódromo Zilmar Beux em Cascavel.

Vanderley Soares/+Brasil;

A corrida 2 não teve treino de classificação, apenas mantiveram as posições de chegada da corrida anterior para formar o grid de largada, com a inversão das posições dos 8 primeiros.

Texto escrito pelo leitor Keko Gomes
Redes sociais:
instagran.com/keko_gomes
facebook.com/keko.gomes.5
Revisão Francisco Brasil
Fotos destaque Vanderley Soares

Logo na largada, Roberval pulou de 4° para 1° colocado em apenas uma curva. José Augusto dias, que saiu na 1° posição, levou um toque de Adalberto Jardim que era o 2°, danificando a frente do truck número #5.

Melhor para Beto Monteiro que saiu de quinto para assumir o 3° posto, onde não ficou por muito tempo pois, logo na segunda volta, ultrapassou José Augusto Dias para assumir a 2° posição.

Pouco diferente da prova de ontem, a briga pela liderança começou cedo, já que logo na 4° volta Beto Monteiro tratou de atacar o líder Roberval Andrade, travando uma batalha ferrenha pela liderança, e com isso André Marques e Valdeno Britto vinham chegando nos líderes.

Duda Bairros/+Brasil;

Problemas trazem o Safety Truck à pista

A briga dos 4 pilotos continuou acirrada até que o caminhão #27 do piloto Fábio Fogaça teve problemas mecânicos espalhando óleo na pista e, quase que simultaneamente, o caminhão #5 de Adalberto Jardim também encostou com problemas, causando assim a primeira intervenção do “caminhão de segurança” faltando pouco mais de 26 minutos de prova.

A bandeira verde foi mostrada novamente faltando pouco menos de 17 minutos e as brigas continuavam por todo pelotão. O estreante Rafael Lopes assumiu a 7° posição ao ultrapassar Débora Rodrigues, e já na volta seguinte continuou sua escalada ganhando a 6° colocação de José Augusto Dias.

Lá na frente, como era de se esperar, a briga continuava forte após a saída do caminhão de segurança, porém agora entre os 5 primeiros colocados, já que após a relargada Wellington Cirino, o 5° colocado, se juntou ao grupo.

Na volta 15 Roberval Andrade fechou de forma mais acintosa o caminhão de Beto Monteiro, levando a direção de prova a investigar a manobra do piloto do mercedes #15. Mas Beto Monteiro não esperou o resultado da investigação sair e na volta 17, após quase 25 minutos de disputa, conseguiu assumir a ponta da corrida. Restou para Roberval apenas uma advertência.

Próximo do complemento da volta 17, foi a vez do caminhão mercedes #777 do estreante Valdeno Britto apresentar problemas, forçando o piloto a abandonar a prova faltando menos de 10 minutos para o final.

Drama final para Cirino

Enquanto isso o líder Beto Monteiro começou a abrir vantagem de Roberval Andrade, que a essa altura estava sofrendo forte pressão de André Marques na disputa pela 2° colocação. Faltando 6 minutos para o final, Wellington Cirino – vencedor da prova de sábado – começou a apresentar problemas no seu motor mercedes, obrigando o piloto a diminuir o ritmo, mas faltando duas voltas, o pequeno vazamento se transformou em uma nuvem de fumaça que saía de forma contínua do motor de seu truck.

E lá na frente, com uma diferença superior a 5 segundos de vantagem, Beto Monteiro recebia a bandeira quadriculada para vencer a segunda etapa, sagrando-se campeão da primeira copa do ano e garantindo uma vaga para a super final da truck. Roberval Andrade chegou em 2°, seguido por André Marques na 3° colocação, resultado este que garantia sua vaga para a super final. Wellington Cirino de forma heroica conseguiu chegar em 4°, mesmo com os problemas no seu caminhão, e também garantiu uma vaga na super final.

Beto Monteiro, Wellington Cirino e André Marques já estão garantidos na Super final.

Abaixo a classificação final após o término da corrida 2

A Copa Truck ainda não confirmou os planos da próxima etapa, mas o Planeta Velocidade torce que seja em breve, para a categoria continuar mostrando um show dentro e fora das pistas, dando um exemplo positivo para o automobilismo brasileiro.

Colaboradores Planeta Velocidade

Colaboradores Planeta Velocidade

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais