INDYCAR – Mid-Ohio viu outro passeio, dessa vez de Colton Herta que comandou trifeta da Andretti

13 de setembro de 2020

j

Francisco Brasil

Largada para o GP de Mid-Ohio
Foto Chris Jones

E chegamos na segunda prova da rodada dupla de Mid-Ohio, a décima etapa da INDY. Como já dito na prova anterior, o grid foi formado pouco antes da largada, com direito a pista lavada pela chuva que caiu durante a manhã.

A pole ficou com Colton Herta acompanhado de Santino Ferrucci. Dixon foi melhor e larga em terceiro, diferente de Will Power que rodou no classificatório e sai apenas de 17°.

Pole para Colton Herta
Foto Matt Fraver

Susto para o pole

Ainda na volta de apresentação o carro de Colton Herta não pegou e quase o piloto tem que largar do final do pelotão.

Passado o susto, é dada a bandeira verde para 75 voltas, e logo na curva 2 Santino Ferrucci aprontou das suas. O piloto da Dale Coyne tentou passar Herta e foi para a grama molhada, voltou de maneira insegura e acabou acertando seu companheiro Alex Palou, que por sua vez atingiu Felix Rosenqvist, chamando de cara a bandeira amarela.

Ferrucci vai para os pits, ao passo que Palou e Rosenqvist são obrigados a abandonar. A verde é novamente agitada na volta 5 com boa largada de Herta, seguido de Dixon e Ryan Hunter-Ray. Quem se deu bem foi Will Power, que já aparece em 10°.

E na volta 16 praticamente todos os pilotos param ao mesmo tempo, com Herta ainda saindo na frente dos demais, mas apenas em terceiro, visto que Takuma Sato e Marco Andretti não pararam.

Essa antecipação teve um motivo.que também gerou nova intervenção da amarela: Dalton Kellett, substituto de Tony Kanaan na Foyt, rodou sozinho e parou na caixa de brita.

Quem também teve problemas foi Pato O’Ward em sua parada, quando a mangueira de reabastecimento não encaixou corretamente, além de quase ter batido em Marcus Ericsson na área de box

Relargada e erro de Dixon

Scott Dixon
Foto Chris Owens

A relargada ocorre na volta 20 e Sato mantém a liderança, enquanto Hunter-Ray ataca Dixon pelo quarto lugar, mas é bloqueado e perde também a posição para Alexander Rossi.

Rossi procura recuperação e logo passa Dixon. Aí acontece algo raríssimo na INDY moderna: no giro 22, Scott Dixon ERRA na saída da curva 1 e roda sozinho, caindo para a vigésima posição, 10 segundos atrás do 19°.

Lá na frente, Herta supera Andretti e vai em busca de Sato, mas o japonês bicampeão das 500 Milhas de Indianápolis começa a abrir. Na volta 29 é a vez de Andretti errar no mesmo ponto que Dixon e retornar à pista logo atrás do neozelandês.

Mas a vida não estava fácil para Dixon que para na volta 32, uma antes de Sato que vinha em outra estratégia. Sato retorna em 18° e Dixon 19°.

Dixon tenta se recuperar

Scott Dixon
Foto Chris Owens

Estamos na volta 46 quando Rossi abre o ciclo de paradas “normais”, enquanto o líder Herta para na volta seguinte, junto de Hunter-Ray. A essa altura, Dixon figura em quarto ao passar Graham Rahal.

Após o ciclo, Herta volta para a ponta, comandando a trifeta da equipe Andretti composta por ele, Rossi e Hunter-Ray. Não bastando, Herta chega a abrir 2,5 segundos de vantagem restando 20 voltas para o final.

Colton Herta vencedor da prova
Foto Chris Owens

Rossi ainda tenta descontar o tempo, se aproveitando dos pneus de composto macio. Alheio a isso, Dixon se vê obrigado a parar novamente faltando apenas 17 voltas para o término da prova, caindo de uma boa quarta posição para 13°.

E sem ser ameaçado nas voltas finais, Colton Herta vence em Mid-Ohio, com seus companheiros Rossi e Hunter-Ray fechando o top 3. Graham Rahal e um quieto, porém eficiente, Marcus Ericsson completam o top 5.

A Penske não teve o mesmo desempenho, mesmo assim colocou Simon Pagenaud, Will Power e Joseph Newgarden em 6°, 7° e 8° respectivamente, logo a frente de Pato O’Ward. Dixon na última volta ultrapassou Rinus Veekay e salvou uma décima colocação. Mesmo após bagunçar tudo, Santino Ferrucci finalizou em 14°.

Estamos chegando na hora da verdade no campeonato. Será que Dixon erra de novo? Teremos novos adversários para o neozelandês?

Na próxima etapa saberemos e você acompanha aqui, no Planeta Velocidade.

Foto destaque Chris Jones

Francisco Brasil

Francisco Brasil

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais