NASCAR Cup Series – Kevin Harvick surpreende para conquistar sua terceira vitória na temporada, primeira em Pocono.

27 de junho de 2020

j

Alex Leonello Teixeira

A NASCAR Cup Series, principal categoria do automobilismo norte americano, no dia 27/06, chegou para uma rodada dupla ao superspeedway de Pocono, om 2,5 milhas de extensão e que se situa no estado da Pensilvânia.

Jared C. Tilton | Getty Images

A primeira prova do final de semana, 14° da fase regular do campeonato, teve como pole position o piloto do Ford Mustang número 10 da equipe Stewart Haas Racing, Aric Almirola.

Revisão Francisco Brasil
Foto destaque Jared C. Tilton | Getty Images

A chuva que caiu durante o dia (sempre ela) e que adiou a etapa da Truck Series, agendada para aquela mesma data, provocou atraso nos procedimentos de largada.

Estágio 1 – 25 voltas

Com os carros já em movimento, nos instantes que antecipavam a largada, a chuva voltou a cair na curva 2, provocando a entrada dos veículos de secagem, ainda com os carros circulando na pista.

Depois de algum tempo, com a bandeira verde finalmente acionada, inicia-se uma grande disputa por várias posições, mas com Almirola se mantendo na liderança.

Na volta 12 foi acionada a bandeira amarela de competição, onde alguns pilotos aproveitaram a oportunidade para buscar os boxes para ajustes, reabastecimento e troca de pneus.

A relargada foi dada na volta 17, com direito a pelo menos 5 carros lado a lado antes de uma nova bandeira amarela ser provocada pelo acidente de Quin Houff, que rodou sozinho na curva 2 e acertou o muro.

Bandeira verde novamente agitada na volta 21 e Joey Logano assume a primeira colocação da prova.

Por questão de estratégia, alguns pilotos buscaram os box para reabastecimento e troca de pneus, dentre eles Denny Hamlin e Kevin Harvick.

Sem ser ameaçado pelos demais, Joey Logano cruza na frente a linha de chegada e vence o curto primeiro segmento da prova.

Estágio 2 – 52 voltas

Vários pilotos aproveitaram a oportunidade para buscar os boxes, mas Logano (junto com os 7 primeiros colocados), permanece na pista e relarga como ponteiro na volta 31, quando então Almirola o supera e reassume a ponta.

Em clara situação de diferença de estratégia, os ponteiros iniciaram suas paradas sob bandeira verde. Ao fim deste ciclo, a liderança da prova passa a ser de Martin Truex Jr., que finalmente aparece para a briga.

Com os carros da Gibbs nas três primeiras colocações, a corrida apresenta um novo cenário, até que Hamlin supera Truex na volta 60 para tornar-se o primeiro colocado.

Uma nova bandeira amarela foi acionada na volta 65, após um toque ocorrido entre J.J. Yeley e John Hunter Nemechek, para a alegria dos ponteiros, que estavam prestes a fazer suas paradas nos boxes.

Com isso, Aric Almirola relarga na liderança na volta 70. Mas logo em seguida, um forte acidente entre Tyler Reddick e Erik Jones, ocorrido na reta dos boxes na volta 71, trouxe a necessidade de mais uma neutralização da prova.

A prova é retomada na volta 76, para apenas 2 voltas, nas quais Almirola não foi superado e conquistou o segundo estágio da competição.

Estágio Final – 53 voltas

A prova foi retomada na volta 83 e quem relarga brilhantemente para assumir a segunda colocação é o campeão de 2014, Kevin Harvick.

Quando restavam 39 voltas para o final, os ponteiros iniciaram suas paradas nos boxes sob bandeira verde, uma vez que, deste ponto em diante, os tanques de combustível de seus carros teriam autonomia suficiente para completar a etapa.

Com isso, Hamlin e, logo depois, Ryan Newman, herdam a liderança da corrida. Na pista, Michael McDowell ultrapassa Newman na volta 110, para se tornar o ponteiro e em seguida, entrar nos boxes, dando a Chris Buescher a chance de liderar a corrida.

Contudo, após o final deste ciclo de paradas, a liderança ficou nas mãos de Kevin Harvick, com Denny Hamlin em segundo, uma vez que ambos trocaram apenas 2 pneus em suas paradas.

Alex Bowman, com um furo de pneu, vai para os boxes quando restavam apenas 14 voltas para o final, sem gerar bandeira amarela.

Da mesma forma, com um estouro no pneu dianteiro esquerdo, Joey Logano vai para os pits a 7 voltas do fim, também sem neutralização de prova.

Segurando firme a pressão exercida por Hamlin, Harvick faz jus a sua fama e apelido de “the closer” para cruzar na frente a linha de chegada e vencer a etapa de Pocono pela primeira vez na sua carreira pela Cup Series. No segundo posto concluiu a prova Denny Hamlin e, em terceiro, completou o top 3 Aric Almirola.

Destaque para o resultado obtido por Christopher Bell, que obteve o melhor resultado de sua carreira na Cup Series, terminando na quarta colocação.

Esta foi a terceira vitória de Harvick nesta temporada, igualando o número de triunfos de Denny Hamlin e se isolando na liderança do campeonato.

Opinião Alex Leonello

Em um circuito atípico, Pocono possui apenas 3 curvas, cada uma com suas características próprias e que, diferentemente dos demais superspeedways, necessita de mudança de marchas por parte dos pilotos.

Em uma prova cheia de estratégias diferentes e revezamento de pilotos na liderança, tudo estava completamente aberto, sendo que o risco de chuva que existia ainda no início da etapa colocou os pilotos em um ritmo alucinante.

Uma etapa pouco movimentada, com poucos acidentes e, como consequência, com poucas bandeiras amarelas, seguiu o script que era esperado para Pocono.

Com dois pilotos diferentes vencendo os segmentos iniciais, a vitória em si foi decidida mesmo na estratégia dos boxes, quando Harvick e Hamlin decidiram pela mesma tática de trocar apenas 2 pneus quando ainda restavam 39 voltas para o fim.

Mas a surpresa mesmo veio pela vitória de Harvick que, muito embora tenha a fama de finalizador que lhe rendeu o apelido de “the closer”, o campeão ainda não havia vencido em Pocono durante toda a sua carreira na Cup Series, levando, assim, mais esta para o seu invejável currículo.

Destaque positivo também para Christopher Bell, que conquistou uma bela e honrosa quarta colocação nesta etapa, ultrapassando na pista seu companheiro de equipe, o campeão Martin Truex Jr.

Vale lembrar que esta era a primeira prova (de duas) prevista para a Cup Series em Pocono neste final de semana, onde os pilotos teriam pouco tempo para colocar tudo em ordem e estarem prontos para relargar para mais uma etapa menos de 24 horas depois do término desta.

Vai pegar fogo.

Opinião Francisco Brasil

Porque Pocono tem provas mornas? Seria o fato de uma pista extremamente longa e larga e que não gera vácuo como Daytona? Com os carros espalhados, o clímax foi o acidente entre Reddick e Jones após uma fechada de porta de Brad Keselowski.

Harvick foi cirúrgico em sua estratégia e quebrou um tabu pessoal, contando com uma pequena vibração reportada por Hamlin, que pode ter sido o motivo da falta de ataque por parte do #11.

Outro que usou da estratégia para assumir um bom lugar foi Michael McDowell, que mais uma vez leva o carro da Front Row ao top 10, conquistando um ótimo 8° lugar. Ele junto a John Hunter Nemecheck podem levar a pequena equipe para outro patamar. E quem ganha com isso é a NASCAR e nós, seus fãs.

Opinião Marcos Amaral

Chegamos a mais um Super Speedway. Agora foi a vez de Pocono, um circuito gigante e largo, onde tivemos varias opções de vencedores.

Isso mostra que as mudanças que a NASCAR vem promovendo desde o ano passado nos carros, tem se  mostrado satisfatória. Não foi uma corrida como Talladega, mas tivemos boas disputas e ainda temos o segundo ato que será amanhã, e tenho certeza que o bicho vai pegar.

Falando um pouco dos novatos, quem surpreendeu, foi Christopher Bell, que fez uma boa corrida chegando na quarta posição. Acredito que isso possa dar animo para esse jovem que brilhou na Xfinity ano passado, o fazendo aparecer mais vezes brigando por um TOP 10. Boa garoto!!

Falando de Toyota, os carros de Joe Gibbs, pelo menos nesta prirmeira corrida, foram bem. Hamlin terminou na segunda posição, mas brigou pela vitória. Kyle Busch foi quinto e Martin Truex sexto. Infelizmente, Erik Jones se envolveu em um acidente com Reddick, mas pelo menos ja vimos uma melhora, quem sabe amanha a Gibbs, saia com mais uma vitoria.

Buschinho esta devendo ainda,  não venceu nenhuma. Go go go #18!!

Amanha vamos para mais uma batalha.

Sem piscar, a próxima etapa da NASCAR Cup Series ocorrerá já no dia 28/06, neste mesmo Tri-oval de Pocono.

Até lá!

Alex Leonello Teixeira

Alex Leonello Teixeira

Alex Leonello Teixeira

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais