Escute a rádio Planeta Velocidade!

FÓRMULA 1: HAMILTON VAI OU FICA?

25 de março de 2021

j

Marcio de Luca

Esta talvez seja uma das perguntas que mais se busca respostas na Fórmula 1 hoje em dia, sobretudo pelo piloto Lewis Hamilton ter renovado com a Mercedes apenas por uma temporada, algo inédito em sua carreira.

Mas e aí, o que você acha, ele fica ou sai após 2021?

Analisando friamente os números da categoria e a quase inevitável certeza de que ele abocanha o título mundial deste ano, Hamilton não terá mais nada para provar no esporte, pois será absoluto em todos os recordes que a Fórmula 1 permitiu. Hoje ele já é, mas alargaria ainda mais seus feitos.

Por outro lado, em 2022 entram em cena novos regulamentos na categoria, com motores ligeiramente alterados, a aerodinâmica completamente mexida, rodas de 18 polegadas e, com isso, a Mercedes pode passar de principal time àquele que corre atrás dos outros. Mas combativo como o britânico sempre foi, duvido que ele não queira dar uma sentida nesta nova geração de carros que se aproximam.

Além disso, em 2022 Hamilton terá apenas 37 anos e se hoje ele ainda está no topo do seu rendimento, na pior das hipóteses no ano que vem ele estará iniciando sua descendente e ainda com muita lenha para queimar, vide os casos Kimi Raikkonen e Fernando Alonso, mais velhos que ele, ainda na ativa e cheios de gás.

Além disso, o britânico terá também a chance de mostrar ao mundo que apesar de pilotar os melhores carros dos últimos tempos, ele é por si só o melhor piloto dos últimos tempos, fazendo cair por terra as críticas que recebe por estar no topo apenas devido a máquina que pilota.

É bem verdade que George Russell, na ocasião que o substituiu no ano passado, fez com que a dúvida sobre a capacidade do carro permitir a qualquer um vencer aumentar, porém também é sabido que Russell é um piloto diferenciado e só não fez mais na Fórmula 1 devido ao carro que pilota.

Torçam ou não o nariz, Hamilton é o melhor piloto da Fórmula 1 moderna e talvez também tenha o melhor carro, exatamente por conseguir traduzir para os engenheiros da equipe aquilo realmente o carro apresenta e desta forma conseguir, junto ao time, corrigir imperfeições e refinar a máquina a cada corrida.

Diferente do que alguns pensam que, ao se aposentar da F1, Hamilton não se envolverá com competições. Acho que ele focará outras categorias como a Extreme E, no qual ele tem a sua própria equipe, porém o vejo ainda por alguns anos na F1, e não duvide que a Aston Martin possa tentar ser campeã com um piloto britânico, algo que seria muito mais do que uma celebração e nada impossível, sobretudo pela parceira que a equipe tem com a Mercedes dentro e fora das pistas.

Sendo assim, duvido muito que a Mercedes o deixe ir embora e que o próprio Hamilton queira parar ao final deste ano, pois hoje ele já é absoluto, então daqui pra frente é apenas diversão.

Alguém duvida?

Fotos Mercedes-AMGF1

Marcio de Luca

Marcio de Luca

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais