Fórmula 1: Sai Sergio Perez e entra Sebastian Vettel na Racing Point

10 de setembro de 2020

j

Marcos Amaral

Mal acabou o GP de Monza e o circo da Fórmula 1, começou a semana agitado, com a famosa dança das cadeiras na equipe Racing Point, sai Pérez entra Vettel.

Na tarde de ontem o piloto Sérgio Perez anunciou sua saída da equipe no final da temporada 2020, em comunicado nas redes sociais o piloto mexicano declarou que: 

Sergio Pérez e seu número 11 se despedem da Racing Point – Foto: Reprodução/Racing Point

“Tudo na vida tem sempre um começo e um fim, e após sete anos juntos, o meu tempo com a equipa chega ao fim após a época. Dói um pouco, pois apostei na equipa durante tempos muito difíceis. Conseguimos ultrapassar obstáculos e estou muito orgulhoso de ter ajudado a salvar os empregos de vários dos meus companheiros de equipa. Vou guardar as memórias dos grandes momentos vividos juntos, as amizades e a satisfação de dar sempre o meu melhor. Estarei sempre grato pela oportunidade que me foi dada por Vijay Mallya, que acreditou em mim em 2014 e me permitiu continuar a minha carreira de F1 com a Force India. À atual administração, liderada por Lawrence Stroll, nada mais desejo senão o melhor no futuro, especialmente com o próximo projeto Aston Martin. Não tenho um plano B, a minha intenção é continuar na F1, mas isso depende de encontrar um projeto que me motive a continuar a dar os meus 100% em cada volta. Espero poder dar-vos boas notícias muito em breve, mas por agora, vamos desfrutar juntos das próximas corridas” 

Despedida de Pérez

Após o anúncio de Perez, a equipe através de seu Team Principal Otmar Szafnauer, também fez uma declaração:

“Checo faz parte da família Silverstone há sete anos e nesse período se tornou um dos pilotos mais completos do grid. Incrivelmente rápido no sábado e no domingo, ele estabeleceu sua reputação como um piloto persistente e juntos passamos momentos fantásticos. Se alguma vez houve o cheiro de um pódio, Checo estava pronto para atacar, e esses cinco pódios representam alguns dos melhores dias da história desta equipe. Fora do carro, Checo é um verdadeiro personagem e um bom amigo, e é um prazer trabalhar com ele há tanto tempo. Apesar de nos despedirmos no final do ano, ainda faltam nove corridas e muitas oportunidades para o Checo fazer mais algumas memórias especiais com esta equipe.”

E para alegria de muitos fãs da Fórmula, nesta manhã, a equipe anunciou a contratação de Sebastian Vettel, que não vive sua melhor fase da sua carreia na Ferrari, mas pode voltar a brilhar na parte da frente do grid, com o carro da Aston Martin.

Chegada de Vettel

Sebastian Vettel vai corre em nova equipe – Foto: Reprodução/Racing Point

O piloto quatro vezes campeão mundial, se junta a nova equipe, que está retornando a Fórmula na próxima temporada. Com a contratação de Vettel, a equipe ganha um destaque já que o alemão tem muito prestígio no circo da F1, além de uma mentalidade vencedora.

No momento em que este artigo foi escrito, ele era um vencedor de 53 corridas, colocando-o em terceiro lugar na lista de todos os tempos dos vencedores de Grandes Prêmios, com mais 67 pódios em seu nome.

Tendo conquistado quatro títulos consecutivos com a Red Bull Racing entre 2010 – 2013 e várias vitórias em Grandes Prêmios com a Scuderia Ferrari nos anos desde então, a experiência e as qualidades de liderança de Sebastian o tornam o piloto perfeito para ajudar a equipe a alcançar suas ambições.

A equipe está entusiasmada com a chegada de Vettel. Otmar Szafnauer, CEO e chefe de equipe, BWT Racing Point F1 Team, disse. “Todos em Silverstone estão extremamente animados com esta notícia. Sebastian é um campeão comprovado e traz uma mentalidade vencedora que corresponde às nossas próprias ambições para o futuro como Aston Martin F1 Team. Em uma tarde de sábado ou domingo, Sebastian é um dos melhores do mundo, e não consigo pensar em um piloto melhor para nos ajudar a entrar nesta nova era. Ele terá um papel significativo em levar esta equipe para o próximo nível.” Declarou, Szafnauer.

Já o Vettel deu a sua declaração sobre o novo carro que guiará em 2021. “Estou extremamente orgulhoso de dizer que me tornarei piloto da Aston Martin em 2021. É uma nova aventura para mim. Ainda tenho muito amor pela Fórmula 1 e minha única motivação é correr na parte da frente do grid. Fazer isso com a Aston Martin será um grande privilégio”, ressaltou o piloto.

Vettel na Fórmula 1

O piloto é já correu 248 Grandes Prêmios, o 10º piloto com mais corridas na categoria. Além disso recentemente Vettel alcançou os 3000 pontos na categoria, sendo o segundo piloto a chegar nesta marca. Confira outros dados sobre Sebastian Vettel.

A contratação de Vettel é uma nova chance para o piloto alemão mostrar ainda que tem muito pneu pra queimar, e fazer bonito na Fórmula 1. Para que isso se comprove Vettel terá que andar na frente em 2021, já que 2020 não está sendo bom para ele.

Marcos Amaral

Marcos Amaral

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais