Fórmula 1 – Movimento confirmado: Sainz na Ferrari e Ricciardo de McLaren em 2021

14 de maio de 2020

j

Francisco Brasil

Como analisamos aqui Fórmula 1 – Vettel fora da Ferrari., foram confirmados hoje às mudanças de Carlos Sainz e Daniel Ricciardo para Ferrari e McLaren, respectivamente.

Apostando no futuro, a Ferrari assina com Sainz por duas temporadas para ser companheiro de Charles Leclerc, sendo uma das duplas mais jovens da Scuderia Italiana 50 anos.

Mattos Binotto diz: “Tenho o prazer de anunciar que Carlos se juntará à Scuderia Ferrari a partir do campeonato de 2021. Com cinco temporadas na bagagem, Carlos provou ser muito talentoso e mostrou que tem a capacidade técnica e os atributos certos para torná-lo um piloto que tenha um ajuste ideal com a nossa família.”

A escolha de Sainz para o lugar de Vettel leva em conta o custo/benefício. O espanhol de 25 anos foi o melhor em 2019 – com direito ao seu primeiro pódio no GP do Brasil – dentre os pilotos fora das três principais equipes, e agora tem a missão de ajudar Leclerc a bater de frente com a Mercedes num cenário econômico afetado após a pandemia.

Carlos declara: “Estou muito feliz por estar guiando pela Scuderia Ferrari em 2021 e estou animado com o meu futuro com a equipe. Ainda tenho um ano importante com a McLaren Racing pela frente e estou realmente ansioso para correr novamente com eles ainda nessa temporada.”

McLaren e a dupla alto astral

Com o movimento iniciado pela saída de Sebastian Vettel da Ferrari, a McLaren irá para 2021 com a dupla mais carismática do grid, para grande parte dos torcedores.

A vaga de Sainz será ocupada pelo australiano Daniel Ricciardo, que após ir para a Renault a peso de ouro, não se deu bem na equipe francesa e acaba de encurtar seu vínculo que terminaria ano que vem, o que não deve ter sido bem recebido pelo time como pode ser visto em suas redes sociais.

O contrato de Ricciardo será de múltiplos anos (o que deve significar pelo menos três), dando continuidade ao plano da equipe, como fala seu CEO Zak Brown: “A contratação de Daniel é mais um passo adiante em nosso plano de longo prazo e trará uma nova e empolgante dimensão para a equipe, ao lado de Lando. Esta é uma boa notícia para nossa equipe, parceiros e, claro, nossos fãs”.

Brown ainda fez questão de homenagear Sain, que deixa a equipe após duas temporadas: “Também quero prestar homenagem a Carlos pelo excelente trabalho que ele vem fazendo na McLaren ao ajudar nosso plano de recuperação de desempenho. Ele é um verdadeiro jogador de equipe e desejamos-lhe felicidades para o seu futuro além da McLaren”.

E a Renault?

Quem correrá ao lado de Esteban Ocon é a atual incógnita. Vettel seria o nome mais cotado, mas será que a equipe vai bancar um piloto desse nível após apostar alto em Ricciardo e não conseguir resultados? Fernando Alonso já deu suas cutucadas nas redes sociais, uma vez que já teve duas passagens pela montadora, sendo numa delas conquistando seus dois títulos.

A equipe francesa tem um cenário mais delicado, pois terá que arrumar um piloto a toque de caixa, que possa assumir o protagonismo que Ricciardo tinha e, principalmente, valha o valor investido.

Não podemos esquecer que Valtteri Bottas, da Mercedes, tem seu contrato findando este ano e nada foi falado. Isso pode sacudir (e muito) o mercado para 2021.

Agora é saber os próximos passos de Vettel e Renault, que são as figuras da vez no intenso mundo da F1. E o Planeta Velocidade vai estar em cima.

Francisco Brasil

Francisco Brasil

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais