Escute a rádio Planeta Velocidade!

Fórmula-E: Nyck de Vries e Sam Bird, vencem na abertura da temporada

28 de fevereiro de 2021

j

Keko Gomes

A Fórmula E abriu o calendário 2021 em Diriyah, na Arábia Saudita, realizando duas corridas no final de semana. 

Uma das grandes novidades para a etapa foi a realização de duas provas noturnas, isso porque o calor durante o dia é muito intenso e resultou em vários problemas na etapa na temporada passada. A primeira etapa foi realizada na sexta e a segunda sendo realizada no sábado.

Como de costume as corridas foram extremamente disputadas, mesmo se tratando de carros de Fórmula com as rodas expostas, os toques e esfregadas são uma constante nas disputas. 

O pole para a corrida 1 foi Nyck de Vries, que acabou vencendo a corrida 1 também, na verdade o piloto da Mercedes-EQ dominou a primeira etapa, fez os tempos mais rápidos nos treinos livres, foi o mais rápido na classificação e cravou a pole, e pra finalizar ganhou de ponta a ponta a corrida 1. 

Nyck de Vries (NLD) Mercedes Benz EQ, 1st position, celebrates with his trophy

Uma das disputas mais bonitas da corrida, aconteceu quando Edoardo Mortara fez uma belíssima ultrapassagem dupla, chegando na freada da reta principal.  A prova foi pouco acidentada, apenas 2 acidentes mais relevantes, o primeiro entre Alex Lynn e Sam Bird se tocaram em uma tentativa de ultrapassagem e acabaram no muro, que acabou resultando na primeira entrada do safety car na prova. 

Já próximo ao final da corrida, Maximilian Günther acabou rodando sozinho e abandonou a prova. Lucas di Grassi largou em 16° e conseguiu uma boa recuperação ao longo da prova terminando em 9°. Já Sérgio Sette Câmara largou e terminou a prova na 20° posição.

Resultado completo corrida 1

https://www.fiaformulae.com/en/results/race-results/?championship=2022020&race=20200201

Sam Bird (GBR) Panasonic Jaguar Racing, Jaguar I-Type 5 , 1st position

A corrida 2 teve Robin Frijns saindo na pole e o Brasileiro Sérgio Sette Câmara ao seu lado, fechando a primeira fila. Não muito diferente da corrida 1, a corrida 2 foi altamente disputada e várias ultrapassagens.

Infelizmente o que marcou a corrida 2 foi o fortíssimo acidente de Alex Lynn, que resultou em uma bandeira vermelha encerrando a prova faltando poucos minutos para o final.

 Quando o acidente aconteceu Sam Bird era líder com Robin Frijns em segundo. Sérgio Sette Câmara terminou em 6°, mas após o término da corrida ganhou mais duas posições devido a punição de Vergne e Cassidy, ganhando mais duas posições terminando assim em 4°. Lucas di Grassi largou em 15° e acabou em 8° também sendo beneficiado pelas punições de Vergne e Cassidy.

Resultado completo corrida 2

https://www.fiaformulae.com/en/results/race-results/?championship=2022020&race=20200202

Sobre o acidente:

FOTO: ABB FIA FORMULA E

 Alex Lynn foi transferido para o hospital apenas por precaução já que o piloto estava consciente quando foi retirado de seu carro, a transmissão não mostrou o replay do acidente, mas minutos depois do final da corrida um vídeo amador já circulava pelas redes.

 Alex Lynn foi transferido para o hospital apenas por precaução já que o piloto estava consciente quando foi retirado de seu carro, a transmissão não mostrou o replay do acidente, mas minutos depois do final da corrida um vídeo amador já circulava pelas redes.

Um dos primeiros pilotos a se manifestar sobre o acidente foi Lucas di Grassi que postou em uma de suas redes sociais. “Corrida maluca… Ainda há muitas penalidades por vir, então não tenho certeza de onde terminei ainda. Mas o mais importante é que Lynn está bem, foi um mega acidente. Dois grandes acidentes hoje com Edo e Alex” o outro acidente que Lucas di Grassi se referiu aconteceu durante os treinos livres, que aconteceram no sábado, quando o acelerador do carro de Edoardo Mortara acabou travando e o piloto da Venturi passou reto e bateu forte na barreira de proteção. Edoardo fazia um ensaio de largada quando aconteceu o problema.

FOTO: ABB FIA FORMULA E

No início da manhã de domingo a Fórmula E divulgou novas imagens do acidente de Alex Lynn, uma câmera registrou o momento do toque entre Alex Lynn e Mitch Evans, que resultou na decolagem de Lynn.

Keko Gomes

Keko Gomes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais