Escute a rádio Planeta Velocidade!

Gold Classic: FESTA EM FAMÍLIA

28 de janeiro de 2021

j

Keko Gomes

A Gold Classic abriu de forma oficial a temporada 2021 do automobilismo nacional e o palco para o show foi o Autódromo Internacional José Carlos Pace, famoso Autódromo de Interlagos, onde brindou os telespectadores com duas belíssimas provas no final de semana.

O dia de prova contou com um pouco de tudo, teve sol forte, nuvens, vento e muita chuva e lógico muita, mas muita disputa boa nas duas baterias. E bota disputadas nisso: até pai e filho travaram batalhas de tirar o fôlego e de arrancar aplausos de todos que estavam por lá (infelizmente não estamos falando de público, uma vez que o evento foi de portões fechados) – foram 64 pilotos inscritos, número este que estabelece um novo recorde para a categoria, que deu um show de pilotagem.

Vamos aos fatos.

CORRIDA 1

Na largada Deninho Casarini (VW Aldee) se deu melhor e pulou na frente seguido pelo papai Denisio Casarini (Willys Interlagos), com Paulo Loco (VW Aldee) em terceiro. Enquanto isso nas disputas no meio do pelotão, na freada para o S os pilotos formaram uma linha de seis carros lado a lado.

Na abertura da volta 2 houve a inversão dos Casarini, papai Denisio“passou de passagem” pelo filho Deninho, que devolveu o troco duas voltas depois invertendo novamente as posições. Porém dessa vez de forma definitiva já que poucas voltas depois o belíssimo Willys Interlagos teve problemas e foi forçado a tomar o rumo dos boxes, dando adeus a disputa pela vitoria. Denisio até retornou a pista após a entrada nos boxes mas não teve como recuperar a diferença

Deninho Casarini após a entrada do pai nos boxes ficou tranquilo sem ser pressionado por ninguém e seguiu em primeiro até o final.

Classificação 3 primeiros de cada classe (corrida 1)

D1S

Deninho Casarini / Aldee-VW
Foto Marcio de Luca

1° Cássio Cortes / VW Fusca
}2° Norberto Corrêa / VW Fusca
3° Moacir Fighera / VW Fusca

D1T

1° Costa Wagner / VW Passat
2° PH Costa / VW Voyage
3° Fábio Tokunaga / VW Gol

D2GT

1° Guilherme Melo / VW Puma
2° Reinaldo Cargueiro / Farus TS
3° Willian Chahine / VW Puma

D2T

1° Alexandre Peppe / VW Passat
2° Thiri Lorentz / VW Gol
3° SolomPezzini / VW Gol

D3GTP

1° Heitor Nogueira / Protótipo Espron
2° Roberto Lacombe / VW Gol
3° Rafael Schuhli / VW Puma

D4P

1° Deninho Casarini / Aldee-VW
2° Paulo Loco / Aldee-VW
3° Mauro Kern / VW Puma

D4S

1° Ricardo Domenech / GM Opala
2° Rogério Barbato / GM Opala
3° Mário Diego Broering / GM Omega

Corrida 2.

Como o grid é o resultado da corrida 1, Deninho Casarini saiu na frente com Paulo Loco fechando a primeira fila, onde a chuva marcou presença, dificultando um pouco mais a vida dos 60 carros na pista.

André Padilha / VW Gol

Na largada, antes mesmo da freada para o S novamente uma linha de seis se formou, mas dessa vez foram os 6 primeiros que disputaram a freada. Deninho Casarini (Aldee-VW) Paulo Loco (Aldee-VW), Mauro Kern (VW Puma), Caio Lacerda (Aldee-VW), José Carlos Franzói (GM Omega) e Dimas Pimenta (GM Opala) chegaram lado a lado para a tomada do S do Senna. Melhor para Deninho que pulou na frente, seguido por Franzói e Armin Kliewer (GM Opala). Armir largou da 11° posição e em três curvas já era terceiro.

Quem fez uma bela largada também foi Denisio Casarini que saiu da 14° posição e ao entrar na reta oposta já estava na 7° posição.

A chuva caiu com mais intensidade dificultando ainda mais as condições da pista, assim o safetycar foi acionado algumas vezes, sendo a primeira delas quando Georges Lemonias (GM Opala) passou reto no final da reta oposta e ficou preso na caixa de brita. Nesse momento os três primeiros eram Deninho Casarini, Caio Lacerda e Denisio Casarini, que em apenas três voltas saiu de 14° para 3°.

Na relargada Caio Lacerda não conseguiu tração e perdeu várias posições e quem assumia a vice liderança era Denisio Casarini e assim começava novamente a batalha entre pai e filho, porém, para dar uma pausa na batalha, mais uma vez o safetycar foi acionado. Dessa vez quem passou reto no final da reta oposta foi Franccesco Esposito (GM Omega)

A relargada veio faltando nove minutos para o final da prova, Denisio Casarini tratou logo de atacar o filho e passou sem muita dificuldade antes mesmo da chegada a primeira curva, mas as coisas se complicaram para o atual lider no complemento da volta seguinte: Denisio abusou no final de reta e rodou e Deninho assumiu novamente a liderança faltando apenas seis minutos para o final da prova. Em 2° aparecia W. Berlanda Jr (GM Omega) e em 3° Denisio.

Mas o experiente piloto não se deu por vencido, Denisio logo assumiu a vice-liderança e começava a tentativa de aproximação ao líder, onde a diferença aumentava de 3.68 seg para 4.85seg e aí entra em cena um ditado muito usado no mundo do automobilismo: “a corrida só acaba na bandeirada”. Na penúltima volta Deninho Casarini teve problemas na subida do café e foi obrigado a abandonar a prova, deixando o caminho livre para seu pai Denisio Casarini ganhar a corrida 2 do final de semana.

Assim ficou tudo em família: filho ganhando a primeira corrida devido há um problema com o carro do pai e o pai ganhando a segunda corrida, também graças a um problema no carro do filho.

Classificação 3 primeiros de cada classe (corrida 2)

D1S

1° Ze Augusto / VW Fusca
2° Cássio Cortes / VW Fusca
3° Norberto Corrêa / VW Fusca

Denisio Casarini / Willys Interlagos

D1T

1° Costa Wagner / VW Passat
2° Juliano Meira / VW Voyage
3° Wesley Cordeiro / VW Passat

D2GT

1° Guilherme Melo / VW Puma
2° Edgard Xavier /VW Puma
3° Reinaldo Cangueiro / FarusTs

D2T

1° Alexandre Peppe / VW Passat
2° Arthur Bailo / VW Gol
3° Fernando Morassi / VW Passat

D3GTP

1° Roberto Lacombe / VW Gol
2° Tonho Sala / VW Fusca
3° Thiago Brandt / Aldee-VW

D4P

1° Denisio Casarini / Willys Interlagos
2° José Carlos Franzói / GM Omega
3° Giovane almeida / Aldee-VW

D4S

1° Mário Diego Broering / GM Omega
2° Ricardo Domenech / GM Opala
3° Marcus Índio / GM Opala

A Gold Classic ainda tem mais três etapas válidas pelo campeonato e uma etapa extra fora do Brasil, no Uruguai fazendo a preliminar da TCR South América. E o Planeta Velocidade trará toda cobertura da temporada 2021.

Keko Gomes

Keko Gomes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais