Indy: Arrojo de Dixon e erro de Newgarden marcam corrida do improvável em Mid-Ohio.

29 de julho de 2019

j

Sandra Automusas

Mais uma grande corrida da Indy vencida por um sempre competente e com uma pitada de agressividade pouco vista em Scott Dixon, que segurou seu companheiro Rosenqvist em ótima performance, que chegou em segundo a apenas 0,093s, sendo a menor diferença já registrada em circuito misto na categoria! O pódio foi completado por Hunter Ray, que quase o perdeu em manobra desastrosa de Josef Newgarden, que entregou o ouro na última volta e acabou em 14° mesmo parado na grama.

Os brasileiros sempre sofrendo terminaram em 18° (Leist) e 20° (Kanaan) entregando mais do que o carro permite.

Vamos falar “di currida”.

A prova começou parecendo ser a redenção de Will Power, que largou da pole com Dixon ao seu lado. O australiano segue pressionado pelo baixo desempenho. As demais Penske vinham logo a seguir. Na largada, Power manteve a ponta, mas no meio do pelotão Hinchcliffe tocou o companheiro Ericsson e quase causam um “big one” (pra quem não conhece, essa é uma expressão americana para grandes acidentes) mas que não gerou bandeira amarela devido às características do traçado. Resultado: Hinch com pneu furado e Ericsson abandonou com a suspensão quebrada… #SaudadesWickens.

Volta 13 começam as paradas, já que os compostos vermelhos (mais macios) estavam com grande desgaste.

Aí que a estratégia da equipe Ganassi começou a funcionar. Seus pilotos alongaram o stint enquanto os demais paravam ou perdiam performance, até que Rosenqvist passa Power pela liderança na volta 25. Na volta seguinte Félix para, enquanto Dixon apenas na volta 29, de 90 no total.

Após esse longo ciclo, Newgarden liderava seguido de Pagenaud e Hunter Ray. Enquanto isso, Power brigava duro com Dixon pelo sexto lugar, chegando a jogar o neozelandês pra fora. Mas logo levou um passadão agressivo, que não é o costume de Dixon. Foi o último grande momento de Power na corrida, até herdar o quarto posto no fim.

Nova janela de paradas se abre na volta 37. Aí começa o revés na vida do líder do campeonato. A mangueira de abastecimento de Newgarden fica presa e não funciona de início, atrasando e muito seu Pit. Outro que teve problema foi Sebastien Bourdais, mas causado por ele mesmo, já que tomou um drive through por exceder o limite de velocidade.

Na volta 60 Dixon para, e mais uma vez mostra arrojo ao calçar pneus macios pra fazer um longo stint. 6 voltas após foi a vez de Rosenqvist sendo o último do grid a parar.

Com 9 segundos de vantagem, Dixon lidera com Rosenqvist em segundo, tendo Hunter Ray, Newgarden e Power completando o top 5.

Aí que a aposta de pneus de Dixon foi posta em xeque: com 3 voltas pro fim seu ritmo estava comprometido, juntando os quatro primeiros novamente.

Aí tivemos shows na última volta: show de pilotagem e de horror! Dixon segurou a grande pressão de Rosenqvist durante toda a volta, chegando a se tocar e garantindo a vitória por míseros 93 milésimos de segundo! Isso mesmo 0,093s, a chegada mais apertada da história da categoria em circuitos mistos. Enquanto isso, Newgarden protagonizava uma barbeiragem que não costuma fazer. Ao tentar ultrapassar Hunter Reay pelo terceiro posto, acaba forçando demais e roda sozinho, caindo para  14° lugar, deixando a quarta posição para Power.

Estranho não falarmos de Rossi. Pois bem, foi apático a prova toda, mas garantiu um top 5. Mas um sinal de alerta soa na Andretti: tendo o melhor resultado com Hunter Reay (que já está na curva descendente da carreira), Rossi parece perder força na briga pelo campeonato, enquanto Veach e principalmente Marco Andretti decepcionam a cada prova, tomando voltas e tendo desempenho equivalente da foyt, o que não é elogio.

Falando em foyt, como já vimos foi do mesmo jeito de sempre, sem o menor ritmo de corrida e ficando apenas a frente de quem tem problema, de novatos ou de Marco Andretti.

Quer saber como essa temporada vai acabar? Continue acompanhando aqui, no Planeta Velocidade! Até a próxima.

Sandra Automusas

Sandra Automusas

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais