Escute a rádio Planeta Velocidade!

Truck Series – Karma, Drama e Esperança, tudo em Talladega

4 de outubro de 2020

j

Daniel Mendes

A última corrida da primeira fase dos playoffs da Truck Series aconteceu no temido oval de Talladega, um superspeedway onde tudo pode acontecer. Ainda mais se você está brigando para se classificar para a próxima fase dos Playoffs.

Com 94 voltas em disputa, tivemos emoção do inicio ao fim da etapa, com pilotos que estavam uma hora dentro da próxima fase, e em outro momento fora. Como diria aquele narrador famoso, “É teste para cardíaco”.

Começou Talladega

Sheldon Creed, da caminhonete #2 larga na frente seguido por Austin Hill. E logo no início da prova, Grant Enfinger, que está nos playoffs, tem um pneu traseiro furado, sendo obrigado a parar em bandeira verde e perder duas voltas.

Momento antes do primeiro Big One – Crédito Getty Images

Contudo, para sorte de Enfinger e azar de outros pilotos, na volta 13, o temido BIG ONE dar o ar da graça. Creed tentou fechar Hill, mas errou o calculo e ficou lento. Os carros que estavam atrás tentaram segurar, mas não tiveram sucesso.

Dos 11 pilotos envolvidos no BIG ONE, estava envolvido Zane Smith, piloto que está nos playoffs. Neste momento sua torcida era para que outros pilotos não completassem a prova.

A corrida foi paralisada, bandeira vermelha. Na volta 19 os pilotos relargam com Eckes – que também está nos playoffs – na liderança, mas a vitória do estágio 1 fica com Austin Hill. Outro vencedor foi Sheldon Creed que fechou em quarto e garantiu vaga pra segunda fase dos playoffs por pontos.

Estágio 2 – Talladega “de boas”

Diferente do primeiro segmento, o segundo foi mais tranquilo. Os pilotos relargaram na volta 26, após a bandeira do estágio. Alguns pilotos aproveitaram para fazer mudanças em suas caminhonetes, entre eles, Todd Gilliand e Grant Enfinger.

Derek Kraus resolveu não parar e largou na frente. Com o segmento tranquilo, o piloto conseguiu segurar a liderança, mas no fim do estágio, na volta 37, Tanner Gray bateu em Gus Dean e fez o piloto colidir contra o muro, uma pancada forte, porém nada grave.

Com isso o segundo estágio chegou ao fim com Kraus terminando em primeiro.

Estágio Final – Drama, Karma e Esperança

Na parada em bandeira amarela antes do inicio do estágio, uma cena curiosa: Austin Hill atropela o mecânico de Jordan Anderson, contudo nada de sério aconteceu com o acidentado.

Relargada e Brett Moffitt lidera, seguido por seu companheiro de equipe Sheldon Creed. Algumas voltas depois o karma da NASCAR aparece e Tanner Gray, que havia batido em Dean, acaba rodando e abandona a prova.

Mas o drama também entra em ação e Todd Gilliand que precisava de um bom resultado para passar de fase, tem problemas no motor e abandona. Menos um para Zane Smith torcer contra.

Com isso, vem a bandeira amarela. Grant Enfinger consegue recuperar a volta e agora retorna à briga pela corrida. Eles relargam novamente e Brett Moffit continua na liderança.

Volta 65 e os ponteiros fazem seus últimos pits stops. Com isso Jennifer Jo Cobb assume a liderança até a volta 82, quando também faz sua parada.

Esperança para Zane Smith

Com a sua saída prematura, Zane Smith torcia por um BIG ONE e ele veio na volta final da prorrogação. Entre os envolvidos estava Christian Eckes, que finalizou a corrida na 18ª posição ficando fora da segunda fase dos playoffs.

Alívio para Zane Smith, tristeza para Gilliand e Eckes que faziam uma excelente corrida.

Talladega sorriu para Lessard

Lessard venceu na bandeira amarela – Crédito: Getty Images

Raphael Lessard, garoto canadense de 19 anos, pilotando uma truck da equipe mais forte do campeonato e que não conseguiu fazer nada durante a temporada. Pouca pressão para o menino, mas neste sábado a pista mais temida da NASCAR sorriu para ele e sua primeira vitória veio.

Foi em meio a uma confusão, mas isso é Talladega, onde os pilotos lutam por posição até o fim, onde o BIG ONE sempre vai aparecer.

Próxima corrida

Daqui a duas semanas no oval do Kansas, essas trucks voltam a acelerar, agora no Round de 8 pilotos, na luta pelo tão desejado título da Truck Series e o Planeta Velocidade vai acompanhar para trazer todos os detalhes para você. Até lá.

Daniel Mendes

Daniel Mendes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais