Escute a rádio Planeta Velocidade!

Moto Velocidade – Eric Granado domina MotoE e Quartararo vence sua primeira corrida

20 de julho de 2020

j

Colaboradores Planeta Velocidade

A MotoGP está de volta as pistas, depois de uma longa espera por conta da pandemia do covid-19. A categoria está com um calendário reduzido, e até agora apenas com provas europeias confirmadas (confira o calendário em (link Planeta velocidade), e as demais à serem confirmadas.

Texto Fabricio Barbosa
http://www.Instagram.com/toqueracing
Revisão Francisco Brasil
Foto destaque Twitter Eric Granado

A etapa de Jerez contou com as 4 categorias, incluindo a MotoE onde temos o piloto brasileiro Eric Granado, que foi o destaque da categoria liderando todos os treinos livres. No sábado confirmou seu favoritismo conquistando a pole .

E na principal categoria a pergunta era: Alguém pode para Marc Marquez? Essa missão estava a cargo dos pilotos da Yamaha Maverick Viñales e  Fabio Quartararo, além de Andrea Dovisioso.          

Fabio Quartararo saiu na frente, conquistando a pole da Motogp, com Maverick Viñales e Marc Marquez completando a primeira fila.

Dia de Corrida

O dia de corrida começou com a MotoE, tendo Eric Granado largando da pole e como favorito para a prova. Ele que ganhou as duas ultimas provas da categoria em Valência, buscava sua terceira vitória na categoria e a busca pelo título.

Na largada, Granado perde a primeira posição, mas logo nas primeiras curvas recupera a liderança e se mantém até o final da corrida com certa folga de +3.044 s de diferença. Com a vitória, Granado lidera o campeonato com 25 pontos.

Foto: Video Oficial BtSport

As categorias Moto3 e Moto2 já tinham feito suas estreias no Catar, onde os pilotos já tinham testados seus equipamentos em corrida. Na Moto3, como sempre, tivemos uma prova muto disputada onde até a ultima curva está tudo indefinido. Albert Arenas, vencedor da corrida de estreia, ganha novamente e se isola na liderança da categoria.

Foto: Twitter Ablert Arenas

Na Moto2 o grande favorito era Luca Marini, que mesmo não conseguindo a pole, liderou os dois primeiros treinos livres e era grande favorito para a corrida.

O favoritismo de Marini se confirmou logo nas primeiras voltas, quando tomou a liderança da corrida e seguiu até o final conquistando a vitória. Completando o pódio, o segundo lugar ficou com Tatsuda Nakashima, que venceu a prova no Catar, e Jorge Martin. A liderança do campeonato é de Nagashima.

Foto: Twitter SkyVR46

Na principal categoria finalmente temos o início da temporada,  uma vez que MotoGP não correu no Catar. Como falamos no inicio da matéria, seriam todos contra Marc Marquez, e os principais adversários eram Quartararo, Viñales e Dovisioso.

Quem larga bem é Viñales que sai na frente, enquanto Quartararo cai para a quarta posição e Marquez está determinado a conquistar a liderança até conseguir, mas mantê-la não vai ser tarefa fácil.

E quando parecia que Marquez ia dar mais um passeio na pista, ele se salva de uma queda que parecia certa e retorna a pista, perdendo varias posições e tendo que “remar” novamente para ficar no pelotão da frente.

Foto: Video oficial BTSport
Foto: Video oficial BTSport

Lá na ponta a batalha fica interessante. Viñales abre certa vantagem, mas a sua escolha de pneus macios não é a melhor opção, e com o desgaste vai perdendo desempenho.  Quartararo, que quer sua primeira vitória na categoria, se aproxima e consegue a liderança, enquanto Marquez vem em uma prova de recuperação, ganhando várias posições.

Quando Marc chega na terceira posição, sofre um grave acidente na disputa com Viñales.

Foto: Twitter Motogp

Foto: Twitter Motogp

No final, Quartararo consegue manter a liderança e conquista sua primeira vitória na categoria. Viñales consegue o 2° lugar e Dovisoso – após uma cirurgia recente na clavícula – consegue chegar na terceira posição.

Foto: Twitter MotoGp

Foto: Twitter Motogp

Após os exames preliminares, constatou-se que Marc Marquez teve fratura diafisária transversal no úmero direito, o maior osso que se localiza na parte superior do membro, informou o comunicado da Honda. O piloto vai ficar em observação em Jerez por 12 horas, tendo que passar por uma cirurgia nesta terça-feira. O piloto perderá de uma a duas etapas do campeonato.

Colaboradores Planeta Velocidade

Colaboradores Planeta Velocidade

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais