Escute a rádio Planeta Velocidade!

MOTOGP: TREINOS LIVRES DO GP DE DOHA

2 de abril de 2021

j

Daniel Mendes

Foi disputado hoje o TL1 da MotoGP, etapa que está sendo disputada em DOHA.

MOTO 3 – EMPOLGANTE E IMPREVISÍVEL

Darryn Binder

O vencedor da primeira etapa de 2021 começou muito bem a sexta-feira marcando o primeiro tempo no TL1. Após a sessão parecia que JaumeMasia iria varrer a concorrência, mas no TL2 o espanhol marcou o 6º tempo, o suficiente para avançar diretamente para o Q2, mas muito abaixo da expectativa inicial.

Dennis Foggia e Filip Salac fecharam o top 3 da sessão disputada sob o intenso calor do deserto que acabou elevando consideravelmente os tempos de volta. Aqui vale novamente chamar a atenção para Izan Guevara que marcou o 9º tempo e tem se mostrado cada vez mais constante.

No TL2 da Moto3 todos os leões de treino responderam à chamada.O top5 foi composto por DarrynBinder, Sergio Garcia, Gabriel Rodrigo, John McPhee e TatsukiSusuki. São figurinhas carimbadas das primeiras filas, mas nas corridas, muitas vezes tem desempenho lastimável; que o digam Gabriel Rodrigo e McPhee.

Só que a primeira prova da temporada nos trouxe novidade já que, a exceção de McPhee, todos os demais fizeram uma ótima corrida na semana passada, sendo que Binder inclusive beliscou a última posição do pódio. Tecidas essas considerações, a Moto3, apesar de todo equilíbrio, nos dá um indicativo que serão estes os aspirantes ao título da temporada. Qual deles tem mais chance? É impossível prever!

Vale ficar de olho nas revelações Izan Guevara e Pedro Acosta, respectivamente 7º e 9º tempos que avançam direto para o Q2, deixando muitos pilotos experientes para trás. O desempenho deles na qualificação vai dizer muito do que podemos esperar de ambos.

MOTO 2 – NASCE UMA ESTRELA?

Raul Fernandez

Num asfalto escaldante de 51º as equipes preferiram usar o tempo do TL1 para fazer ajustes nas motos e testar pneus, já que a temperatura e condições climáticas não favoreciam arriscar muito para marcar tempos já que, sabidamente, na segunda sessão eles seriam bem melhores.

Em razão disso somente Fabio Di Giannantonio e Marco Bezzecchi viraram abaixo de dois minutos sendo que o último colocado da sessão, TommasoMarcon chegou a quase 7 segundos do melhor tempo.

Já no TL2 a disputa comeu foi intensa e um piloto que já havia chamado atenção na qualificação da primeira prova mostrou que seu desempenho não foi obra do acaso. Raul Fernandez da KTM que largou na segunda posição e chegou em quinto na corrida de abertura da temporada foi o mais rápido do dia e já avança para o Q2 demonstrando que está se adaptando rapidamente à categoria.

O favorito ao título Sam Lowes fez o suficiente para se classificar para o Q2 marcando o 7º tempo. Remy Gardner, Fabio Di Giannantonio e Marco Bezzecchique terminaram entre os quatro primeiros na corrida passada também tiveram ótima performance no TL2 desta sexta-feira, marcando respectivamente o 3º, 2º e 4º tempos. Fechando o top 5 tivemos Joe Roberts da Italtrans.

Apesar de a temporada estar ainda em seu início, já temos elementos para cravar que pela constância a KTM deve levar o título de equipes e que os pilotos acima vão brigar pelo título da Moto2. Isso se uma estrela ascendente espanhola não surpreender a todos.

MOTO GP – DUCATI BRILHA NO FINAL E MOSTRA QUEM MANDA EM LOSAIL

Jack Miller

A primeira sessão de treinos livres do GP de Doha aconteceu à tarde, em condições muito diferentes das que os pilotos teriam no TL2 de onde saem os 10 pilotos mais rápidos que avançam diretamente para o Q2. Talvez em razão disso as equipes não mostraram todo o seu potencial andando num ritmo similar ao da corrida de semana passada no mesmo circuito.

AleixEspargaro e a surpreendente Aprilia marcaram o melhor tempo do TL1 com 1’54.779 seguido de perto por Alex Rins e da Susuki e MaverickViñales da Yamaha. Colados nos top 3 tivemos mais 12 pilotos, totalizando 15 dentro do mesmo segundo.

A segunda sessão de treinos livres foi tão emocionante quanto a prova de domingo passado. Várias marcas ocuparam a primeira posição, com destaque para a Aprilia que ficou um bom tempo por lá. Franco Morbidelli da Yahama SRT também sentiu o gosto de liderar os treinos por um curto período.

O ítalo-brasileiro que passou maus bocados na primeira corrida da temporada em razão do dispositivo de largada que ficou travado durante toda prova mostrou que mesmo com equipamento muito inferior está em plena forma, levando sua moto diretamente ao Q2. Valentino Rossi já não apresentou o mesmo desempenho e conseguiu apenas o 14º tempo. Amanhã terá de brigar com muita gente boa no Q1.

Durante boa parte dos treinos as Yamahas de Quartararo e Viñales bem como a Aprilia de AleixEspargaro foram se revezando nas primeiras posições até que há pouco mais de 3 minutos para o final Jack Miller da Ducati cravou o melhor tempo da sessão com 1’53.145 e na última volta ganhou a companhia de Peco Bagnaia e Joan Zarco para fechar o top 3. E Jorge Martin ainda marcou o quinto tempo completando o esquadrão Ducati que apesar de não ter tido grande destaque durante todo o treino, no final mostrou quem manda em Losail.

Entre as máquinas italianas temos o enigmático Fabio Quartararo da Yamaha que colocou quase três décimos em seu companheiro de equipe que conseguiu apenas o 9º tempo. Pouco para quem venceu a corrida na semana passada com boa vantagem sobre os oponentes.

Destaques para a incrível 10ª posição de Stefan Bradl com a Honda, a melhor do grid, para as quedas de Nakagami (as imagens chegaram a assustar) e Marquez que acabaram tirando de ambos a possibilidade de buscar um melhor posicionamento no treino e por fim para o mesmo equilíbrio que vimos na primeira sessão já que, aqui também, 15 pilotos ficaram dentro do mesmo segundo.

Vejamos o que a qualificação nos reserva para amanhã.

Fotos Divulgação

Daniel Mendes

Daniel Mendes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais