NASCAR XFINITY: TY GIBBS DE APENAS 18 ANOS VENCE A DAYTONA ROAD COURSE

22 de fevereiro de 2021

j

Marcos Amaral

Depois da chuva que caiu na sexta-feira(19/02) na prova da Truck Series, agora é a vez da Xfinity, dia bem ensolarado, pista seca, para a prova no misto de Daytona.

Miguel Paludo

É uma prova bastantes especial, para nós brasileiros, pois temos Miguel Paulo a bordo do carro #8, na equipe JR Motorsport, que tem o proprietário Dale Earnhardt Jr.

Mesmo antes da largada o Camaro #9 de Noah Gragson, com problemas no motor, ficou parado nos pits. 

Então vamos lá, bandeira verde!

Noah Gragson

Início de prova agressivo, pilotos buscando posições, mas tudo dentro da normalidade, sem problemas mais sérios.

Logo na terceira volta, o primeiro entrevero, com a piloto Natalie Decker, que acabou sendo tocada e acabou abandonado e gerou a primeira bandeira amarela, na volta 5, o carro #23 ficou parado na pista, Decker foi para a garagem abandonando a corrida.

Relargada na volta 7, o piloto brasileiro vem escalando o pelotão, já aparece na 25ª posição, Austin Cindric mantém a ponta.

Um duelo interessante pela primeira posição entre Cindric #22 e Allmendinger #16, mas o piloto do #16 se deu melhor na freada e conseguiu assumir a ponta.

E mais atrás, Paludo vem escalando o pelotão e já aparece na 19ª posição.  

Na volta 11, nova bandeira amarela, Ryan Vargas fica parado na saída dos pits. 

Relargada na volta 13, Allmendinger se mantém à frente seguido de Cindric, Matt Snider, Riley Herbst, e Jeremy Clements fechando o Top 5.

Chegamos ao fim do primeiro segmento, a disputa entre Allmendinger e Cindric acabou no toque entre os dois, e quem se deu mal foi o piloto do Camaro #16, e quem se deu bem foi Mustang #22, que levou o segmento. Por muito pouco não tivemos uma batida mais forte, como o carro do Allmendinger rodou e ficou atravessado na pista, Herbst #98, que vinha logo atrás, ao desviar, foi para o gramado, passando muito rápido e perto do carro #16, como o Mustang #98, vinha muito rápido, acabou pegando um degrau no gramado, destruindo a frente de seu carro, fim de corrida. Uma pena, pois Herbst vinha fazendo uma ótima corrida.

Largada para o 2ª seguimento e Miguel Paludo consegue a 5ª posição.Na frente Harrison Burton, seguido de Ty Gibbs, Justin Haley, Justin Allgaier e Miguel Paludo, fecha o Top 5.

Na volta 20, Ty Gibbs assume a primeira posição. 

Na volta 26, Paludo veio forte na entrada da curva 1 e freou forte para evitar  a batida e  acabou furando o pneu dianteiro direito.

Depois da batida no final do primeiro segmento, Cindric vem voando e já apareceu na 7ª posição na volta 14.

Fim do segundo segmento, e o garoto Ty Gibbs, cruza a frente, seguido de  Burton, Henric, Haley, e Allgaier fechando o Top 5. 

Miguel Paludo recupera a volta perdida.

Largada para o último segmento, Hemric se mantém à frente seguido de Gaulding, Burton Cindric e Ty Gibbs, fechando o top 5.

Mas Austin Cindric continua rápido na pista e na volta 35 já passa na segunda posição brigando pela ponta com Hemric.

Paludo já apareceu na 23ª posição, recuperando posições perdidas por causa do pneu furado.

A briga pela ponta foi sensacional entre Cindric, Hemric, Ty Gibbs e Burton, que não se largam, até que Gibbs consegue a segunda posição e vai à caça de Cindric.

Bandeira amarela na volta 38, Camaro #48 acabou rodando. Miguel paludo já aparece na 16ª posição.

Relargada na volta 40, Ty Gibbs largou mal e caiu para a quarta posição, mas logo já assumiu a terceira posição, e a briga na frente ficou entre Cindric e Hemric.

Uma briga sensacional entre Cindric e Ty Gibbs, na volta 41, a nova safra da NASCAR mostrando que vão dar trabalho para os grandes.

Na volta 45, mais atrás, a briga pela terceira posição entre Haley e Burton, estava intensa também.

Restando 6 voltas para o fim da corrida, Cindric consegue abrir um pouco para Ty Gibbs, que não desiste, e não deixa o #22 fugir. 

Restando 3 volta a bandeira amarela apareceu de novo para trazer mais emoção. Miguel Paludo está preso na 12ª posição. Vamos para a prorrogação.

Restando 2 voltas, relargada, veio a confusão e nova bandeira amarela, nova prorrogação. Miguel Paludo consegue sair da confusão de segue firme na sua escalada do pelotão; 

Mais uma tentativa de relargada restando duas voltas e Ty Gibbs em uma largada sensacional assume a ponta e vai até a bandeirada final, seguido de Cindric, Hemric, Jones e Burton, fechando o Top 5.

E não podia ter sido melhor para o Brasil, Miguel paludo terminou na 7ª posição. Foi uma re-estreia fantástica para ele, já que andou pela última vez há 8 anos atrás.

Ty Gibbs, de apenas 18 anos, liderou 14 das 56 voltas no #54 da Joe Gibbs Racing. O jovem garoto é neto de Joe Gibbs, dono da equipe e está entre no Hall of Fame da NASCAR, na sua carreira venceu oito vezes na ARCA Menards Séries, e sábado marcou seu início na NASCAR série nacional.

“Sabe, não posso agradecer a todos agora. É como um sonho que se tornou realidade para mim ”, disse Gibbs como parte de sua celebração emocionante. “Isso é incrível, eu não posso fazer burnouts, não posso fazer de jeito nenhum. É apenas um sonho que se tornou realidade para mim. Eu realmente não achei que estivesse lá. Meio que lutamos e vencemos.”

A próxima etapa da Xfinity Series é no próximo sábado (27/02), no Homestead-Miami Speedway

Segue abaixo o resultado oficial da prova:

Fotos NASCAR

Marcos Amaral

Marcos Amaral

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais