NASCAR Xfinity Series – Briscoe supera oponentes em relargada insana para vencer em Indianápolis.

4 de julho de 2020

j

Alex Leonello Teixeira

Era 04/07 e os norte americanos comemoravam o feriado nacional de independência de seu país em grande estilo e em um circuito que, com tanta história para contar, é considerado como nada menos que o maior templo do automobilismo mundial, qual seja, o Indianápolis Motor Speedway, situado no estado de Indiana.

Revisão Francisco Brasil
Foto destaque Jamie Squire | Getty Images

Neste um final de semana especial, em que a NASCAR dividia a pista com as feras da Fórmula Indy, esta etapa da fase regular da Xfinity Series foi disputada na parte mista do circuito, com 2,4 milhas de extensão, algo que nunca havia acontecido antes.

A diferença desta prova, com relação as demais é que, em caso de chuva – como vem ocorrendo regularmente em diversas etapas da NASCAR – a corrida continua e, sendo assim, pneus “biscoito” e limpadores de parabrisa, algo pouco comum na categoria, finalmente davam as suas caras.

A pole position para esta etapa disputada em sorteio ficou por conta de Jeb Burton, piloto do Chevy Camaro número 8 da equipe JR Motorsports, de propriedade de Dale Earnhardt Jr.

Estágio 1 – 20 voltas

Após os tradicionais preparativos iniciais, a bandeira verde foi finalmente agitada e não demorou muito para que Austin Cindric começasse a escalar o pelotão e, já na volta 5 concluísse a ultrapassagem para se tornar o novo líder da prova, enquanto Burton, o pole position, tem problemas no pneu traseiro esquerdo na volta 15 e é obrigado a se recolher aos boxes.

A primeira amarela vem, enfim, depois que Vinnie Miller, com um furo no pneu dianteiro direito, deixa um grande detrito na pista e tem dificuldades para chegar aos boxes.

E nesta situação de intervenção de prova foi que Austin Cindric cruzou na frente a linha de meta para vencer o primeiro estágio da competição.

Destaque também para AJ Allmendinger que, após ter saído na 30° posição, escala o pelotão e termina este trecho inicial de corrida já na 9° colocação.

Estágio 2 – 20 voltas

A relargada foi dada na volta 23, com Brandon Jones na liderança, mas quem completa na frente a primeira curva é Chase Briscoe. Mais atrás, Bayley Currey fica pela pista na volta 26 e provoca uma nova bandeira amarela.

Com o reinício de prova, Austin Cindric retoma a ponta, mas foi punido por queima de largada, após ter sido empurrado por Hiley Herbst e é obrigado a passar pelos pits. Com isso, Briscoe volta a ser o ponteiro, seguido de perto por Noah Gragson.

Pela volta 35, o motor do Toyota Supra de Brandon Jones explode, gerando uma bola de fogo e causando nova bandeira amarela. Os ponteiros aproveitaram a oportunidade para buscarem os boxes e a relargada ocorre na volta 39 para apenas 1 giro, se deu com Ryan Sieg na frente.

A disputa nesta volta por diversas posições foi intensa, com diversos toques, rodadas (Noah Gragson) e ultrapassagens, dentre elas a de Briscoe sobre Sieg, para receber na frente a bandeira quadriculada verde e branca e vencer o segundo segmento da prova. Enquanto os líderes buscam os boxes, Cindric fica na pista.

Estágio Final – 22 voltas

Com a retomada da corrida, na volta 44, as disputas se intensificaram, uma vez que restavam apenas 18 voltas para o final. O que se viu então foram belas escaladas de pelotão por parte de Austin Cindric e AJ Allmendinger.

Na volta 56, o motor do Chevrolet Camaro de Tommy Joe Martins explode e o mesmo fica pela pista, provocando a necessidade de outra intervenção na prova.

Todos os líderes foram para os boxes e a relargada se deu na volta 59, com Preston Pardus na frente, sendo logo ultrapassado por Chase Briscoe.

Uma fabulosa e intensa disputa pela ponta se iniciou entre Briscoe, Allmendinger e Cindric. Briscoe deixa o carro espalhar na volta 52 e abre espaço para Allmendinger se tornar líder, com Cindric em segundo.

Noah Gragson chega para a briga, enquanto Briscoe, em uma grande manobra, ultrapassa os dois primeiros colocados para recuperar a liderança.

Depois de um final de prova de prender a respiração, Chase Briscoe cruza na frente a linha de chegada para vencer a etapa de Indianápolis da Xfinity Series. Justin Haley termina a prova no segundo posto, enquanto Noah Gragson fecha o top 3.

AJ Allmendinger e Austin Cindric completam a corrida em quarto e quinto colocados, respectivamente.

Opinião Alex Leonello

Impossível não amar Indianápolis em qualquer de suas versões, principalmente em dias comemorativos como este do feriado nacional de independência dos Estados Unidos.

A chuva, que vem perseguindo a NASCAR a cada final de semana e que teria sido bem vinda nesta etapa resolver não aparecer.

Depois de um domínio de Austin Cindric no primeiro estágio e de diversas amarelas que amarraram o segundo, o terceiro e último trecho de prova viu uma intensa e real disputa pela vitória por parte de nada menos que 5 pilotos diferentes.

Briscoe liderava, errou, foi ultrapassado por Allmendinger e Cindric e, pasmem, superou ambos para se tornar novamente o líder e vencer a prova.

Entre o equipamento de Cindric e a vasta experiência em mistos de Allmendinger, deu o garoto sensação desta temporada, Chase Briscoe, que conquistou seu quinto triunfo neste ano.

É fato que a punição por queima de largada sofrida por Cindric mudou o rumo da prova, mas bem de longe ofusca o brilho da conquista do piloto do Ford Mustang n° 98.

Os novatos da Cup que abram os olhos e conquistem resultados, pois o jovem Briscoe amadureceu muito e se tornou um grande e completo piloto, vencedor em ovais e mistos.

Cabeças podem rolar…

Opinião Francisco Brasil

A NASCAR acertou em cheio ao mudar a corrida da Xfinity do oval para o misto. Além das estratégias que colocaram pilotos aleatórios na frente em alguns momentos, o traçado proporcionou uma briga intensa na pista, que é o que interessa.

Jebb Burton e Michael Annett que compunham a primeira fila simplesmente sumiram, assim como Allgaier que chegou a liderar a prova. Vamos ver se o piloto se sai melhor no oval quando substituirá Jimmie Johnson.

Outro que é sério candidato ao campeonato junto a Briscoe é Justin Haley. O piloto do #11 já venceu uma prova esse ano e chegou em segundo nessa prova de forma inteligente. Está ofuscando o hoje apagado Ross Chastain, que ainda salvou um sexto lugar.

Opinião Marcos Amaral

Chegamos ao templo da velocidade, Indianapolis Motor Speedway. E a XFinity proporcionou uma corrida sensacional, ainda mais se tratando de um circuito misto.

Chase Briscoe fez mais uma prova impecável, ainda que quando vinha na liderança errou a freada e acabou caindo para terceiro. Mas se manteve ali próximo dos líderes e reassumiu a ponta em uma manobra fantástica, ganhando sua segunda corrida consecutiva, já que ganhou também em Pocono. Esse menino é muito bom!!!

Austin Cindric tinha tudo para ganhar, já que é uma pista que favorecia seu carro, mas a afobação de vencer está subindo a cabeça, cometendo erros que estão lhe custando uma vitória. Tem que ter calma se quiser ganhar alguma prova.

Um piloto que vale o destaque é AJ Allmendinger, que largou lá do fundo do grid e veio buscando posições, já que é um grande especialista em circuito misto, acabando na quarta posição. Bela corrida.

Opinião Lorenzo Francez

A corrida de 4 de julho, feriado da independência norte americana, foi emocionante. Indianápolis sempre nos presenteia com corridas fantásticas, seja no oval ou no misto.

A corrida desse fim de semana, mostrou que Chase Briscoe já é realidade e o principal postulante ao título da categoria. Cinco vitórias até o momento, sendo o maior vencedor da temporada.

Justin Hayley fez uma ótima corrida também e conseguiu um top 3. Mas vale destacar as últimas 5 voltas que foram de tirar o fôlego, onde Allmendinger assumiu a liderança após o erro de Briscoe, que uma volta depois, em uma bela manobra, reassumiu a ponta e veio para a vitória. Que corrida essa de Indianápolis e que piloto esse Chase Briscoe!

A próxima etapa da Xfinity Series ocorrerá no dia 09/07, no circuito oval de 1,5 milha do Kentucky, situado no estado que lhe empresta o nome.

Até lá!

Alex Leonello Teixeira

Alex Leonello Teixeira

Alex Leonello Teixeira

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais