NASCAR Xfinity Series – Harrison Burton conquista vitória inesperada na prova 1 em Homestead

13 de junho de 2020

j

Alex Leonello Teixeira

A Xfinity Series, segunda principal categoria da NASCAR, chega ao mítico circuito oval de 1,5 milha de Homestead-Miami, situado no estado norte americano da Flórida.

Revisão Francisco Brasil

Conhecido por ter sido o palco das grandes finais das 3 principais categorias até o término da temporada passada, Homestead teve a honra de receber, neste mesmo final de semana, não apenas uma, mas duas etapas da Xfinity Series.

twitter.com/HomesteadMiami/

Para a primeira delas, ocorrida no dia 13/06, a pole position ficou com o piloto do Toyota Supra número 20 da equipe de Joe Gibbs, Harrison Burton.

Vale dizer que a prova contou com a participação especial do ex piloto da Cup Series, Dale Earnhardt Jr., O queridinho da América.

Estágio 1 – 40 voltas

Após os procedimentos de praxe, o início de prova foi retardado em função de detritos deixados na pista pelo carro 98 de Chase Briscoe, o que o levou aos boxes, perdendo seis voltas e arruinando a sua prova.

Depois disso, a bandeira verde foi finalmente acionada e Burton logo foi ultrapassado por Noah Gragson.

Uma bandeira amarela de competição foi acionada na volta 20, quando então alguns pilotos aproveitaram a oportunidade e entraram nos pits para ajustes, reabastecimento e troca de pneus.

Na relargada, Ross Chastain ultrapassa Gragson e se torna o novo líder da prova, o que não dura muito, uma vez que o mesmo logo foi superado por Ryan Sieg.

Na volta 36, o motor de Kody Vanderwaal explode, provocando uma neutralização da prova. Ainda sob amarela Sieg recebe na frente a bandeira quadriculada verde e branca, vencendo o primeiro segmento da prova.

Estágio 2 – 40 voltas

A relargada é dada com Noah Gragson na liderança, mas Austin Cindric, inspirado, torna-se o ponteiro na volta 46.

A esta altura da prova, Chase Briscoe já havia recuperado 2 voltas com relação ao líder. Porém a bandeira amarela é novamente acionada na volta 58, após um incidente envolvendo os pilotos Brett Moffitt e Vinnie Miller.

Os líderes permanecem na pista e, na relargada, Chastain leva a melhor, assumindo a ponta. Logo depois, Gragson ultrapassa os três primeiros colocados para se tornar o novo ponteiro no giro 72.

Enquanto isso, as disputas pelas segunda e terceira colocações ficam de tirar o fôlego, inclusive com a participação de Dale Jr.

Sem ser ultrapassado, Gragson atinge na frente a linha de meta para vencer o segundo estágio da competição.

Estágio Final – 82 voltas

Durante as paradas, Gragson erra a posição de seu Pit, é obrigado a dar marcha à ré, perdendo várias posições e deixando a liderança nas mãos de Chastain.

Após a relargada, o que se viu foi uma empolgante disputa e inversões de liderança da prova, pelas mãos de Cindric e Chastain, mas Gragson se recupera e, ao fim, reassume a ponta.

Justin Allgaier, após acertar o muro, vai para os boxes e inicia uma rodada de paradas sob bandeira verde.

Ross Chastain é punido por conta de um pneu descontrolado, enquanto seu companheiro de equipe na Kauling Racing, Justin Halley, também o é por excesso de velocidade.

O drama das últimas voltas

Gragson abre grande vantagem para os demais e deixa apenas 6 pilotos na volta do líder, chegando inclusive a tocar no muro e assustar a todos.

Restando 7 voltas para o fim, Ryan Sieg com um pneu furado roda na pista e provoca mais uma bandeira amarela.

Os primeiros colocados vão para os boxes, e Brandon Jones acaba punido por excesso de velocidade, com  Gragson se mantendo na ponta.

Com 2 voltas para o fim, o pano verde foi agitado e as voltas que se sucederam foram um verdadeiro teste para cardíacos, uma vez que Gragson, Burton e Cindric disputavam metro a metro a primeira colocação.

Ao fim, Harrison Burton leva a melhor e cruza na frente a linha de chegada, para vencer a etapa 1 de Homestead-Miami.

Na segunda colocação concluiu a prova Austin Cindric e, em terceiro, desolado, completou o top 3 Noah Gragson.

Anthony Alfredo concluiu a prova no quarto posto e O veterano e dono de equipe, Dale Jr, em quinto. Chase Briscoe fez uma excelente recuperação para finalizar em sétimo.

Opinião Alex Leonello

Esta prova ficou encarregada de abrir um final de semana recheado de velocidade proporcionada pela NASCAR em Homestead, com um total de nada menos que 4 provas em apenas 2 dias, sendo 2 da Xfinity, 1 da Truck e 1 da Cup.

Volto aqui a alertar e a admirar o belo trabalho que vem sendo desempenhado por Ryan Sieg durante toda a temporada, a bordo de um carro de equipe pequena, chegando a vencer o primeiro segmento desta prova e, infelizmente, teve problemas no fim.

Destaque ainda para Anthony Alfredo, que conquistou uma maravilhosa quarta colocação ao final da prova.

Quanto a vitória, quando tudo parecia garantido nas mãos de Gragson, que chegou a abrir mais de 10 segundos para Dale Jr, tornando a prova sonolenta, a caixinha de surpresa da NASCAR foi novamente aberta e tudo mudou, para a felicidade de Harrison Burton.

Prova bastante combativa, principalmente no trecho final e no segundo segmento, onde Gragson mostrou muita rivalidade e velocidade que quase lhe renderam a vitória.

Aguardemos, uma vez que, no dia seguinte, 14/06, tem mais Xfinity Series em Homestead Miami.

Opinião Francisco Brasil

Após algumas provas em que os pilotos pareciam apáticos no último estágio com paradas em bandeira verde, Ryan Sieg deu uma chacoalhada no fim da prova, assim como fez no primeiro segmento.

A amarela que o piloto do #39 causou trouxe uma excelente batalha pela vitória, em que o até então apagado Harrison Burton viesse do além para vencer. Pior para Gragson que deve estar “chateado” com Sieg.

Mas o grande destaque foi mesmo Chase Briscoe. Um simples calço antes da largada quase acaba com sua prova. O piloto da Haas chegou a perder 6 voltas, recuperou 3 na pista e só não brigou realmente pela vitória devido a amarela ter chego algumas voltas mais tarde.

Ao fim, o sétimo lugar foi um saldo extremamente positivo para quem teve tantos problemas. Sei que o “se” não existe no automobilismo, mas “se” esse problema não tivesse acontecido, Briscoe teria total chance de ir ao Victory Lane

A próxima etapa da NASCAR Xfinity Series ocorrerá no dia 14/06, neste mesmo circuito de Homestead Miami.

Até lá!

Alex Leonello Teixeira

Alex Leonello Teixeira

Alex Leonello Teixeira

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais