Escute a rádio Planeta Velocidade!

OLD STOCK RACE – INTERLAGOS ASSISTE A UM AUTOMOBILISMO RAIZ, A OLD ESTA DE VOLTA!

24 de abril de 2019

j

Colaboradores Planeta Velocidade

Convidado especial – Conexão Saloma !

Atual campeão da categoria dos Opalas, Rafael Lopes,  venceu as duas corridas deste domingo na capital paulista, em forte duelo com Rodrigo Pìmenta #51 e Ricardo Alvares #3, sendo que se mantém 100% de aproveitamento na temporada de 2019

Rafael Lopes saiu vencedor da corrida 1, disputada pela manhã. Com a saída inesperada do pole da prova, Rodrigo Helal #113, por pane mecânica (vídeo abaixo) a disputa ficou entre o piloto do Opala #54 com Rodrigo Pimenta #51 e Ricardo Alvarez #3, alternando as posições entre os três durante toda a corrida. A corrida parecia definida na décima volta, quando o atual campeão abriu vantagem sobre Alvarez, e a punição contra Pimenta, fez o resultado de pista mudar porque teve o acréscimo de 20 segundos por incidente no S do Senna.

Na briga pela ponta Rodrigo Pimenta, Rafael Lopes e Ricardo Alvarez alternaram-se nas liderança  Foto: Humberto Silva.

Lopes na últimas voltas partiu para o ataque e, nos metros finais, conseguiu chegar a frente de Pimenta na linha de chegada por metros para vencer a corrida. Entre as corridas 1 e 2 a direção de prova optou por retirar a punição aplicada a Pimenta, que voltou ao segundo lugar obtido na pista. A terceira colocação ficou com Alvarez, que foi seguido por Victor Franzoni, e Rodrigo Giordano, que fecharam o top-5.

“Foi uma prova maravilhosa. Eu larguei em terceiro depois de ter problemas mecânicos na classificação. Mas minha equipe correu atrás e me deu um carro maravilhoso para a corrida. Eu administrei ao longo da prova, mas sei do potencial do Rodrigo e sabia que ele venderia caro a posição. A equipe me avisou que ele seria punido, mas me pediram para superá-lo na pista, para não restar dúvidas. Consegui nos metros finais”, disse Lopes.

Resultado da corrida 1:

1º – 54 -Rafael Lopes

2º – 3 – Ricardo Alvares

3º – 23 – Victor Franzoni

4º – 38 – Rodrigo Giordano

5º – 17 – Ricardo Domenech

6º – 51 – Rodrigo Pimenta

7º – 909 – Alexandre Navarro

8º – 45 – Daniel Kelemen

9º – 78 – Arnaldo dos Santos

10º – 7 – Amaury Biem

11º – 89 – Glaucio Doreto

12º – 31 – Glauco Barros

13º – 777 – Rogério Barbato

14º – 12 – Fábio Mencarelli

Não completaram

25 -Jorge Schuback – a 4 voltas

9 – Evandro Camargo – a 5 voltas

59 – Henrique Lamberti – a 9 voltas

22- Pedro Gomes – a 10 voltas

28 – Wilton Pena – a 11 voltas

113 – Rodrigo Helal – a 11 voltas

Desclassificado:

333 – Ciro Paciello

Classe Old Man

1º – 25 – Jorge Schuback

2º – 59 – Henrique Lamberti

3º – 333 – Ciro Pacciello

Corrida 2
Largada da segunda prova com Rodrigo Helal #1132 em último. Chegou em P5 ao final  Foto Humberto Silva OSR

A segunda prova do dia foi realizada na parte da tarde, e teve Lopes, na pole position, liderando de ponta a ponta. O líder do campeonato não conseguiu abrir grande vantagem em momento nenhum, terminando a corrida com uma frente de apenas 2s519 para o estreante Ricardo DomenechRicardo Alvarez foi o terceiro, enquanto Pedro Pimenta foi o quarto. Rodrigo Helal, que largou da última posição, fez ótima prova de recuperação para terminar em quinto, ultrapassando 16 concorrentes, uma superação fantástica.

“Acho que a corrida foi tranquila apenas para quem viu de fora. Quem está lá dentro sabe que não existe moleza. O grid é de muita qualidade, e a gente não pode vacilar. Poupei o equipamento por ele começar a apresentar algumas falhas. Eu acho que o desgastei muito na primeira bateria, e, na segunda, o equipamento começou a ‘pedir água’, e eu dei água para ele”, disse o piloto, que exaltou a equipe ao final da prova. “A equipe trabalhou até as 2h da manhã para me entregar um carro maravilhoso. O time deixa de estar com os familiares em um domingo de páscoa para estar aqui. Então eu dedico esta vitória para eles”, completou Lopes.

E fato chamou atenção, em 2018, na sétima e última etapa, Rodrigo Pimenta venceu as duas corridas mas Rafael Lopes foi o campeão.

Resultado da corrida 2:

1º – 54 – Rafael Lopes

2º – 17 – Ricardo Domenech

3º – 3 – Ricardo Alvarez

4º – 51 – Pedro Pimenta

5º – 113 – Rodrigo Helal

6º – 23 – Victor Franzoni

7º – 38 – Vinicius Leite

8º – 25 – Jorge Schuback

9º – 909 – Alex Dimas

10º -333 –  Alex Fabiano

11º – 9 – Marco Maragno

12º – 7 – Amaury Biem

13º – 31 – Glauco Barros

14º – 12 – Fabio Mencarelli

15º – 777 – Rogério Barbato

16º – 78 – Fausto Camacho

17º – 28 – Miguel Mallaco

18º – 89 – Ricardo dos Santos

Não completaram

45 – Daniel Kelemen – a 5 voltas

89 – José Oliveira – a 12 voltas

Classe Old Man

1º – 51 – Pedro Pimenta

2º – 38 – Vinicius Pimentel

3º – 25 – Jorge Schuback

4º – 78 – Fausto Camacho

5º – 59 – José Oliveira

Após duas etapas completadas, Rafael Lopes #54 segue liderando com 129 pontos e 23 de vantagem sobre o novo segundo colocado Ricardo Alvarez #3 com 106 pontos, fechando o top 3 a dupla mineira Rodrigo Leitee Vinicius Pimentel #38 aparece com 81 pontos.

Na classe Old Man, para pilotos acima de 55 anos, Pimenta Pedro Pimenta #51 assume a liderança com 60 pontos, seguido de perto por Jorge Claudio Schuback #27 com 59 e Vinicius Pimentel #38 com 56 pontos fechando o top 3.

Nenhuma descrição de foto disponível.

A próxima etapa da Old Stock Race acontece no dia 9 de junho, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Será a prova mais esperada pelos fans, a “prova noturna” .

Nosso muito obrigado a todos que compareceram com seus Opalas e contribuíram para deixar a festa melhor ainda. Vocês fazem toda a diferença! Valeu, até junho galera!

Colaboradores Planeta Velocidade

Colaboradores Planeta Velocidade

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais