Planeta Motor: 25 ANOS DO PRIMEIRO PROTÓTIPO DA KOENIGSEGG

13 de janeiro de 2021

j

Marcio de Luca

Em 1994, então com 22 anos, o jovem Christian von Koenigsegg fundava em Oldström, costa sudoeste da Suécia, seu país natal, a Koenigsegg, empresa com a missão de construir carros de altíssima performance e luxo.

Um sonho para época, sobretudo pois eram momentos que modelos como McLaren F1, Dodge Viper, Lamborghini Diablo, Ferrari F50, entre outros, dominavam não só o mercado, mas o sonho da grande maioria dos habitantes do mundo. Para a ocasião, eram modelo que não poderiam ser superados, especialmente por uma empresa nova como a que acabara de surgir.

Na ocasião Christian havia desenhado o modelo CC (de Competition Coupé) e logo em seguida levou seus desenhos ao então designer industrial (e posteriormente professor de design da Linnaeus University) David Crafoord, para que fosse produzida uma maquete em escala 1:5.

Após a maquete ser produzida, o modelo passou seus dois anos seguintes sendo construído e em 1996 um protótipo foi finalmente apresentado ao publico em um evento automotivo na pista de corrida sueca Anderstorp, tendo ao volante o piloto local Rickard Rydell, que na ocasião corria pela Volvo no BTCC, o campeonato de turismo inglês.

A apresentação gerou um estardalhaço imenso no mundo, onde diversos outros pilotos quiseram se aventurar ao volante da nova máquina, que além de bonita, tinha um desempenho impressionante.

Seguiu-se então para o ano de 1997 e o protótipo foi apresentado no Festival Internacional de Cinema de Cannes, um evento que nada tem a ver com automobilismo, mas que com certeza levaria rapidamente o modelo aos holofotes da fama. E o levou!

Desse momento em diante levou-se apenas mais três anos para que em 2000 um protótipo final fosse apresentado no Salão do Automóvel de Paris, um modelo ligeiramente diferente do modelo inicial, mas que carregava a mesma carga explosiva de desempenho (com um motor de “apenas” 655 hp) e sofisticação.

Dai pra frente a história da fábrica que começou já com um grande modelo, não parou mais de crescer e hoje, 25 anos depois do primeiro protótipo tocar o solo de uma pista de testes, a empresa se firmou como um dos maiores fabricantes de superesportivos de luxo do mundo, tendo colecionado inúmeros recordes de velocidade e desempenho em sua já grande lista de modelos produzidos.

Atualmente a fábrica produz os modelos Gemera, um hiperesportivo híbrido de quatro lugares, o Jesko e o Regera – todos avaliados em cifras estratosféricas, mas com um desempenho visto em poucos carros do mundo.

Foto: Koenigsegg

Marcio de Luca

Marcio de Luca

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais