INDY- Ganassi vence de novo e mantém 100% de aproveitamento, mas dessa vez com Felix Rosenqvist

13 de julho de 2020

j

Francisco Brasil

Neste domingo ocorreu a segunda prova da Indy em Road America. Pouco tempo antes teve o treino classificatório que deu a pole position para Pato O’Ward da McLaren. Dixon foi sexto e a melhor Penske, de Will Power, largou em oitavo.

Foto: Joe Skibinski

A largada

Com a bandeira verde agitada para 55 voltas, O’Ward manteve a ponta enquanto Power joga Ryan Hunter-Ray para fora na curva 1. Não contente, o australiano da Penske toca com Graham Rahal que, com ajuda de Felix Rosenqvist, daí da pista e bate na quina de um muro, causando a bandeira amarela logo na primeira volta.

Foto: Chris Owens

Outros que pegaram as sobras dos acidentes foram Alexander Rossi e Jack Harvey, que rodou e procurou os pits junto a Rossi, Power, Ferrucci e Kellett, além de Connor Daly.

Relargada no 5° giro e o jovem Patrício O’Ward mantém a ponta, deixando Colton Herta e Alex Palou brigando pelo segundo posto, com Dixon em quarto vigiando a briga. Mas a ação é interrompida pela saída de pista de Power, que precisa de ajuda para voltar a prova.

A volta 8 vem acompanhada de nova relargada, com direito a outra manobra incrível de Palou para cima de Herta pelo segundo lugar. Mais atrás, Power luta pelo 16° posto após toda a lambança da primeira volta.

Foto: Chris Owens

A prova ganha ritmo até o 13° giro, quando Scott Dixon abre a janela de paradas, mas tem problemas no pneu traseiro direito, o que atrasa o piloto e quase causa um entrevero com Pagenaud.

O líder O’Ward para dois giros depois, enquanto Dixon se atrapalha com Marcus Ericsson na saída dos Pits do sueco. Quem se deu bem foi Rosenqvist, que conquista as posições de Herta e Dixon na estratégia.

Foto: Joe Skibinski

Na volta 20 O’Ward supera Ferrucci pelo segundo lugar, enquanto seu companheiro Oliver Askew amarga a última posição, enquanto Power é líder apesar dos problemas. Mas isso não dura muito já que na volta seguinte Pato supera Power e começa a abrir.

Surpresas em novo ciclo de paradas

Power tem que parar novamente na volta 23, enquanto Rosenqvist ultrapassa Ferrucci para assumir o segundo lugar, a longos 7 segundos de O’Ward. Um pouco atrás, Dixon resolve antecipar sua parada na volta 25, pois perde rendimento no stint.

Outro que arrisca na estratégia é Rossi, terceiro colocado a essa altura, até que Pato para no giro 29. Rosenqvist para na volta seguinte, mas perde tempo no pneu dianteiro esquerdo e volta 7 segundos atrás de O’Ward, já com Dixon na sexta posição. Só que Ericsson vem rápido e passa Dixon e Power na volta 34.

Foto: Twitter/AlexanderRossi

Aí temos a volta 40 com outra rodada de pit stops aberta por Ferrucci. No giro seguinte foi a vez de Dixon que deixa o carro morrer, assim como a possibilidade de nova vitória. O’Ward e Rossi param no giro 42 e Rosenqvist na volta seguinte.

Redenção de Rossi e Rosenqvist

Após o último giro nos Boxes, Pato O’Ward de pneus vermelhos lidera com mais de 4 segundos para Rosenqvist, de compostos pretos. Aí que começa a recuperação do sueco da Ganassi.

A cada volta Rosenqvist vai tirando a diferença para o líder, até que fica a 1 segundo faltando apenas 4 voltas. E no penúltimo giro, Felix Rosenqvist passa O’Ward numa bela disputa e leva a liderança para conquistar sua primeira vitória na INDY.

Foto: Joe Skibinski

Com mais uma vitória da equipe Chip Ganassi, o top 5 ainda teve o brilhante Pato O’Ward em segundo, seguido de Alexander Rossi, Marcus Ericsson também da Ganassi e Colton Herta. Palou errou na estratégia mas ainda conseguiu um sétimo lugar, enquanto Dixon teve que se contentar com o 12° posto, pior resultado do neozelandês na temporada. Um apagado Newgarden foi o melhor Penske na nona posição.

Foto: Joe Skibinski

E não esqueça que semana que vem temos nova rodada dupla, dessa vez no pequeno oval de Iwoa com a presença de Tony Kanaan. E o Planeta Velocidade acompanha tudo para nossos amigos leitores.

Francisco Brasil

Francisco Brasil

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais