Truck Series – Sheldon Creed domina no Texas e se junta a Moffitt na final

26 de outubro de 2020

j

Daniel Mendes

Neste domingo, tivemos o segundo capítulo da semifinal dos playoffs da Gander Truck Series, que teve como palco, Texas Motor Speedway, além dos elementos emocionantes até o fim da corrida. Ao todo 152 voltas foram completadas, divididas em 3 estágios, com nove bandeiras amarelas, entre fim de seguimentos e acidentes.

A corrida em si, era a oportunidade para um dos sete pilotos, se juntar a Brett Moffitt na final em Phoenix. O grande favorito era seu companheiro de equipe, Sheldon Creed, que buscava sua primeira final na carreira.

Começando a busca – Estágio 1

Sheldon Creed largou na primeira colocação no oval do Texas e foi dominante no primeiro estágio, não tendo problemas para vencê-lo. O piloto do Chevy #2 estava com um ritmo constante, dando todos os indícios que brigaria pela vitória, na parte final da corrida.

O estágio 1 teve como Top 5, os pilotos dos playoffs, inclusive o já classificado para final, Brett Moffitt, na terceira colocação. Austin Hill fechou o seguimento 1 em segundo lugar, Ben Rhodes em quarto e Matt Crafton, atual campeão acabou na quinta colocação.

Surgem outros favoritos – Estágio 2

Após as primeiras 35 voltas de domínio de Sheldon Creed, no seguimento 1. As coisas mudaram um pouco no estágio 2. Logo no início, na volta 42, um acidente forte com Clay Greenfield, resultou em uma bandeira vermelha de 5 minutos e 54 segundos.

No retorno a bandeira verde, Creed manteve a liderança, mas agora com Bem Rhodes mais próximo dividindo e buscando a liderança. Contudo, a corrida estava bem acidentada, tanto que na volta 52, Tate Fogleman roda e colide com muro, causando mais uma bandeira amarela.

Os pilotos relargam, Creed mantém a ponta, mas outro piloto surge em seu encalço, Matt Crafton, que na volta 65 assume a liderança da corrida e a mantém até a volta 70, para vencer o seguimento 2, a primeira vitória em estágio para Crafton no ano. Creed termina em segundo, Bem Rhodes em terceiro, Zane Smith em quarto.

Nervos a flor da pele – Estágio 3

O estágio final começa agitado com Sheldon Creed, indo pra cima de Crafton, para voltar a liderança logo na relargada. A disputa segue por um bom tempo, não somente pela liderança, mas também pelo terceiro lugar. Zane Smith, Bem Rhodes, Brett Moffit, Christian Eckes, todos buscavam essa posição.

Na volta 92, problemas para Grant Enfinger, falha no motor. Com isso o piloto do #98 abandona a prova e suas chances de ir a final agora só depende de uma vitória, na última corrida dos playoffs.

A relargada acontece na volta 97 e alguns pilotos fizeram estratégias diferentes. Derek Kraus agora é o líder pois na sua parada não trocou pneus, apenas colocou combustível. Isso facilitou para Creed que logo assumiu a liderança, que nem pode comemorar já que nove voltas depois bandeira amarela acionada.

Ben “Crazy” Rhodes Parte 1

Ben Rhodes que estava bem na corrida, conseguindo dois Top 5 nos primeiros seguimentos, começou a deixar a ansiedade falar mais alto. Isso em playoffs é fatal para seu desempenho. Na volta 106, Rhodes se envolveu em um acidente com Todd Gilliland, fazendo com que Gilliland fosse direto para o muro, dando adeus a corrida.

Voltando para corrida

Creed relarga em primeiro ao lado de Crafton, contudo outro piloto surge, Stewart Friesen, que largou em oitavo e conseguiu pular para o segundo lugar, isso na volta 113. Quatro voltas mais tarde, Chandler Smith trouxe outra bandeira amarela.

Agora Friesen relarga em segundo e já toma a liderança de Sheldon Creed, que não só perde a liderança, mas também a segunda colocação para Johnny Sauter. Os lideres brigam pela liderança e o pior acontece. Ambos se tocam e acabam indo para o muro, melhor para Sheldon Creed que volta a ser o líder da corrida.

Volta 136, Creed é líder com Brett Moffit em segundo, Hill em terceiro e Rhodes na quarta colocação. Rhodes tenta assumir a ponta da corrida por dentro, mas não consegue e se mantém em quarto.

Ben “Crazy” Rhodes Parte 2

Nessa tentativa de assumir a liderança, Rhodes acaba caindo para quarto e leva pressão de Eckes que quer ultrapassar. Os dois se tocam, coisa normal de corrida, contudo o Bem Rhodes não gosta e na volta 145, bate em Eckes de maneira proposital, tirando ele da prova.

Eckes não está na disputa de playoffs, já Rhodes sim! E quem sai perdendo é Ben, que vai lá pro fim do pelotão e acaba se envolvendo em outro acidente, já que estava de cabeça quente, querendo até brigar com Eckes ao fim da corrida.

Esse entreveiro é claro que resultou em bandeira amarela e como estava nas voltas finais, prorrogação a vista no oval do Texas.

Sheldon Creed vai pra Phoenix

Apesar de toda essa confusão, Creed seguiu na liderança, mesmo com a toda pressão de Austin Hill, que também precisava da vitória para se classificar a final e conquistou a vitória no Texas.

Texas acidentado – Galeria de fotos

Texto: Lorenzo Francez
Revisão: Brenda Faller

Daniel Mendes

Daniel Mendes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais