Stock Car: VITÓRIA NA HORA CERTA

21 de novembro de 2020

j

Keko Gomes

Com uma dominância absoluta, a GM conseguiu colocar 9 carros entre os 10 primeiros, para a primeira corrida do final de semana em Goiânia. Guilherme Salas (KTF Sports) foi o mais rápido pela manhã e conseguiu sua primeira pole na categoria.

A formação do grid para a 10° etapa ficou assim.

1 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze), 1:27.779
2 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze), 1:27.832 a 0.053
3 Gabriel Casagrande (R. Mattheis Motorsport/Cruze), 1:27.858 a 0.079
4 Gaetano di Mauro (KTF Sports/Cruze), 1:27.892 a 0.113
5 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze), 1:27.894 a 0.115
6 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), 1:28.065 a 0.286
7 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla), 1:28.067 a 0.288
8 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze), 1:28.120 a 0.341
9 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), 1:28.126 a 0.347
10 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), 1:28.135 a 0.356
11 Julio Campos (Crown Racing/Cruze), 1:28.166 a 0.387
12 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla), 1:28.237 a 0.458
13 Lucas Foresti (Vogel Motorsports/Cruze), 1:28.241 a 0.462
14 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze), 1:28.292 a 0.513
15 Pedro Cardoso (R. Mattheis Motorsport/Cruze), 1:28.465 a 0.686
16 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani/Corolla), 1:28.379
17 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), 1:28.380 a 0.449
18 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla), 1:28.398 a 0.467
19 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), 1:28.440 a 0.509
20 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), 1:28.473 a 0.542
21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 1:28.571 a 0.640
22 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla), 1:28.663 a 0.732
23 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze), 1:29.455 a 1.524
24 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze), Sem tempo
25 Felipe Lapenna (Vogel Motorsports/Cruze), Sem tempo

Uma prova marcada pelas estratégias, problemas para os líderes do campeonato e domínio absoluto dos carros da GM. Quem acabou se saindo melhor e apareceu na hora certa na primeira corrida, do final de semana, foi Ricardo Maurício.

CORRIDA.

Na largada Guilherme Salas (KTF Sports) pulou na frente, enquanto Gabriel Casagrande pressionou Diego Nunes (Blau Motorsport), completando 3 curvas lado a lado, mas mantiveram as posições originais. Quem se deu melhor acabou sendo Ricardo Maurício (RC motorsport), que ganhou a 3 posição de Gabriel Casagrande (R.Matheis Motorsport).

Antes do complemento da primeira volta, Ricardo Zonta (RCM motorsport) acabou tocando em Galid Osman (Shell V-Power), pior para o vice líder do campeonato que rodou e acabou batendo com Marcos Gomes (Cavaleiro Sport), Cacá Bueno(Crown Racing) e Thiago Camilo( Ipiranga Racing) que no momento é o atual líder do campeonato. O acidente gerou intervenção do safety car e provocou o abandono de Zonta, Marcos Gomes e Cacá Bueno. Thiago Camilo teve danos estruturais no carro.

Na relargada, Guilherme Salas abriu pequena vantagem sobre Diego Nunes. Enquanto Ricardo Maurício era pressionado por Gabriel Casagrande, seguido de perto por Gaetano Di Mauro (KTF Sports) e Bruno Batista (RCM Motorsport)

Na volta 7 teve a abertura para a janela do pit. Dos líderes Gabriel Casagrande foi o primeiro a parar, na volta seguinte, no meio do pelotão, o líder do campeonato Thiago Camilo fez sua parada, devido a estratégia apenas trocou um pneu optando em não abastecer. Diego Nunes fez um pit muito longo, mais de 50seg, quando retornou para a pista, Daniel Serra saiu a sua frente. Guilherme Salas fez a parada na última volta da janela, mas quem apareceu na frente foi Ricardo Maurício que fez uma parada 3 seg mais rápida que Guilherme Salas. Ao final dos pits estava Ricardo Maurício em primeiro, seguido por Guilherme Salas, Daniel Serra, Diego Nunes e Gabriel Casagrande fechando os 5 primeiros e devido a estratégia, Thiago Camilo voltou em um ótimo 10° lugar, visando o maior ganho possível de pontos

Após os pits os líderes tinham uma pequena vantagem entre os três primeiros, a disputa mais acirrada ficou entre Gabriel Casagrande, Gaetano Di Mauro, Bruno Batista e Allam Khodair (Blau Motorsport). No calor da disputa Khodair chegou a tocar a traseira de Bruno Batista, sendo advertido pela direção de prova por atitude antidesportista.

Faltando 10min, Bruno Batista conseguiu ultrapassar Gaetano Di Mauro. Quem aproveitou foi Allam Khodair, que pressionou Gaetano De Mauro proporcionando uma das disputas mais bonitas da etapa, chegando a inverter até 3 vezes as posições na mesma volta. Com a disputa dos dois, Rubens Barrichello (Full Time) aproveitou e conseguiu diminuir a vantagem chegando perto suficiente para conseguir a ultrapassagem sobre Gaetano Di Mauro.

Thiago Camilo que sofria com os danos no carro, sofreu uma forte pressão de Denis Navarro (Cavaleiro Sports), chegando a perder a 10 posição, mas conseguiu reassumir a posição na volta seguinte. Com grandes danos na lateral esquerda Thiago conseguiu no braço segurar o forte ataque de Denis Navarro e completou a 10° etapa na 10° posição.

Ao final dos 40 minutos de prova o primeiro a ver a quadriculada foi Ricardo Maurício, seguido por Guilherme Salas e Daniel Serra fechando o pódio.

Classificação completa 10° etapa

Foto facebook.com/stockcaroficial
Foto facebook.com/stockcaroficial

Classificação geral após 10° etapa

Foto facebook.com/stockcaroficial

Com esse resultado Ricardo Maurício e Daniel Serra entraram de vez para a disputa do título da temporada 2020.

Fotos Duda Bairros

Keko Gomes

Keko Gomes

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais