Mais jovem do grid, Pedro Cardoso marca primeiros pontos com equipe RMattheis na Stock Car

27 de julho de 2020

j

Assessorias de Imprensa

Piloto de 21 anos mostrou evolução com o carro neste domingo após boa estratégia visando a corrida 2; alta temperatura em Goiânia fez equipes sofrerem com superaquecimento dos carros, sendo Gabriel Casagrande um dos prejudicados

Pedro Cardoso (Rafael Gagliano/ RF1)

A abertura da Stock Car 2020 foi marcada por uma verdadeira prova de resistência para os novos modelos dos carros que estreiam nesta temporada. Pedro Cardoso terminou as duas provas deste domingo na zona de pontuação com a equipe RMattheis e teve chances, inclusive, de fechar no top-10 da corrida 2, mas alguns segundos a mais no pit-stop complicaram a vida do brasiliense.

Equipe RMattheis (Carsten Horst/RF1)

“A equipe fez uma boa estratégia para o Pedro (Cardoso) brigar entre os 10 primeiros na corrida 2, mas tivemos um problema ao retirar o pneu do carro e isso tirou segundos que poderiam dar a ele chances de chegar até em sétimo lugar nessa prova. Foi uma pena porque ele vinha fazendo uma boa corrida. O Casagrande (Gabriel) teve um ótimo início de prova, com o mesmo ritmo dos cinco primeiros, mas um problema na temperatura do óleo prejudicou as duas corridas dele”, analisa Rodolpho Mattheis, chefe da equipe.

Pedro também avaliou o desempenho do carro nas provas. “O plano deu super certo na primeira corrida, abastecemos bem na primeira prova para termos mais chances na corrida 2, mas infelizmente a roda traseira travou no pit-stop da segunda prova e acabou com nossa estratégia. Nós poderíamos brigar pelo top-10 e até entre os sete primeiros. Uma pena, não foi a estreia que a gente queria, mas sabemos do potencial desta equipe vencedora e com certeza estaremos mais competitivos e brigando na frente nas próximas etapas”, diz Pedro.

Pedro Cardoso (Rafael Gagliano/RF1)

Piloto revelação da temporada 2019 da Stock Car com vitória e vários pódios, Gabriel Casagrande vinha com bom ritmo no início da corrida 1 conseguindo ganhar quatro posições nas primeiras voltas, mas o carro enfrentou problemas ainda na parte inicial da prova.

“Muitas equipes enfrentaram problemas com superaquecimento do carro, isso vinha acontecendo com a gente desde ontem. Foi uma pena porque tivemos esse problema de temperatura e pressão de óleo. Por conta disso, nós só conseguimos fazer cinco voltas. Difícil competir tendo um dia de treino quando outros carros chegaram a treinar quatro ou cinco dias”, diz Casagrande.

Gabriel Casagrande (Rafael Gagliano/RF1)

O calendário da Stock Car está sob definição, mas a Corrida do Milhão já está agendada para o dia 23 de agosto em Interlagos.

Classificação do campeonato (top-10):

1- Ricardo Maurício, 39 pontos

2- Rubens Barrichello, 38

3- Daniel Serra, 32

4- Ricardo Zonta, 30

5- Thiago Camilo, 29

6- Allam Khodair e Cacá Bueno, 27

8 – Cesar Ramos, 24

9- Diego Ramos, 23

10 – Átila Abreu, 20

Foto destaque Carsten Horst/RF1

Assessorias de Imprensa

Assessorias de Imprensa

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais