STOCK: TRÊS EX-PILOTOS DE F1, O JOVEM BRUNO BAPTISTA E O TOYOTA COROLLA SÃO OS DESTAQUES DA 1ª ETAPA EM GOIÂNIA

27 de julho de 2020

j

Assessorias de Imprensa

O dia hoje (domingo, 26/07), no Autódromo de Goiânia, soprou a favor de três pilotos de Fórmula 1, na primeira etapa do campeonato brasileiro de Stock Car. O experiente piloto Ricardo Zonta, de 44 anos, venceu a primeira prova, depois de largar na pole-position. O recordista de participações em F1, Rubens Barrichello, de 48 anos, ganhou a segunda. E nesta última, Nélson Piquet Filho, campeão mundial de Fórmula E e ex-piloto de F1, com 34 anos, ficou em segundo lugar na última prova, largando no box.

Bruno Baptista largou em 23º do grid na primeira prova de Stock em Goiânia
Foto Carsten Horst – divulgação

A corrida só não foi toda ela com destaque para os pilotos mais experientes porque um jovem participante, Bruno Baptista, de apenas 23 anos, também deu um show na pista largando também do box, na segunda corrida, e terminou em terceiro lugar, subindo no pódio ao lado de Barrichello e Piquet. E todos os quatro pilotos correram com o novo Toyota Corolla, que já mostrou na pista que será um carro bem competitivo para os pilotos de Chevrolet Cruze.

É claro que, depois de ter problema no câmbio nos treinos qualificatórios e de largar na 23ª posição do grid da primeira prova, Bruno Baptista, no final da segunda prova, era o mais animado entre todos os pilotos que competiram em Goiânia. Também não foi pra menos, 

Voltou a ter problema na primeira prova, tendo que abandonar a disputa logo no início. Porém, o jovem piloto acabou tendo uma sensacional prova de inúmeras ultrapassagens e, por pouco, não ficou com o segundo lugar do experiente Piquet.

“A minha meta era chegar entre os 10 primeiros na prova de abertura. Mas não deu porque voltei a ter problemas no carro e desisti logo no começo. Felizmente, a equipe fez um trabalho sensacional no box e na segunda corrida deu tudo certo. Nunca passei tanto carro em toda a minha vida. E se destacar do lado de ex-pilotos de F1 é muito bom, já que tenho aprendido muito com o Zonta, meu parceiro de equipe e os demais”, afirmou Bruno Baptista, que defende a equipe Toyota RCM Racing, atualmente apoiada pelas empresas Webmotors, HERO, Pro Automotive, Loctite e NGK do Brasil. Bruno foi o piloto que mais fez ultrapassagens na prova.

Foto destaque Carsten Horst

Assessorias de Imprensa

Assessorias de Imprensa

Período

Categorias

Siga nossas redes sociais